sábado, 22 de Setembro de 2012 09:48h Juliana Lelis

Foram realizadas ontem na escola João Epiphânio Pereira as atividades do dia D

A Escola Municipal João Epiphânio de Divinópolis, contou ontem com reforma, consertos, pinturas e várias outras ações para melhorias da escola, e tudo isso realizado com a ajuda de funcionários e voluntários. Esta ação faz parte do programa Dia D realizado pela Gerdau, onde cerca de 60 funcionários, se envolveram em atividades baseadas em três sensos da metodologia 5S-utilização, ordenação e limpeza.

 


Na escola os voluntários realizaram, junto com à comunidade escolar, a organização das salas de aula, serviços gerais como pequenos consertos hidráulicos, alvenaria, pintura de brinquedos, serviços elétricos, entre outras atividades.

 

Segundo Conceição Maciel, uma das organizadoras do Projeto Dia D “ nós temos um projeto que é o programa Mesa Educadora, e esse programa reúne sete instituições estudantis, ela tem encontros semanais, para discutir as práticas da educação estudantil com os educadores da instituição, e quem é o educador? É o faxineiro, é o porteiro, é a cantineira, é a professora, é o diretor, todos eles se juntam com os profissionais de outras instituições e discutem as atividades e tudo que pode ser feito para melhorar o dia a dia das crianças na escola.

 


E a organizadora continua “A Mesa Educadora é um espaço amplo cedido pela secretaria municipal de Educação, temos uma coordenadora técnica também da secretaria, especialista em educação infantil e que discute com esse grupo as práticas do dia a dia, então são discutidas as atividades passadas, o brincar com essas crianças, como que vai ser,  e também a discussão, do espaço físico, esse pilar que é a mudança do espaço físico, nós entramos, nós voluntários da Gerdau, na metodologia dos 5S, então hoje nós estamos trabalhando aqui os três primeiros S, que são a utilização, ordenação e a limpeza, então viemos com esse grupo de voluntários, e aí temos a especialidade de elétrica, a parte hidráulica, a parte de pintura, e serviço gerais, como pintura de armários, pintura de paredes, mais tarde vamos fazer a pintura do piso que são desenhos, que a criançada precisa para desenvolver a psicomotricidade, e aí nos desenvolvemos esse tipo de serviços” contou.

 


Conceição disse também que “ a nossa empresa já trabalha com a metodologia dos 5S, desde sempre, e depois que são realizados esses 5 sensos, entra o Senso da saúde, então trazemos esse nosso conhecimento adquirido na empresa, para aplicar nas instituições de educação, públicas e privadas. Hoje estamos com a média de 60 voluntários aqui, e ao longo do ano já, passaram ajudando nesse dia D 240 voluntários. Esse ano estamos com 7 instituições no programa dessa mesa educadora, e essa é a quinta” concluiu.

 

A organizadora também contou que “ estamos tentando despertar nas pessoas que estão aqui o espírito de cidadania, a Gerdau tem nos incentivado a mobilizar e desenvolver na comunidade essa cidadania. Porque nesse projeto todo mundo ganha, a empresa, a criançada, os educadores, a secretaria municipal de Educação” disse.

 


Sobre a escolha da escola, ela disse que “ a secretaria municipal de Educação, ela indica a escola para  programa Mesa Educadora, então decidimos juntos quem vai vir” declarou.

 

A coordenadora técnica Angelita Antônia Santos Oliveira disse que “ na verdade hoje estamos reforçando os três S do programa, depois será trabalhada ainda a questão da saúde, e autodisciplina, que é o controle disso, a manutenção das reformas realizadas hoje. É importante saber que esse dia D está acontecendo porque as profissionais dessa instituição participam quinzenalmente de reuniões, onde discutimos o que pode ser feito para atender melhor as crianças, então elas tem oportunidade de vivenciar o que devem aplicar aqui, e quando eu digo educadora, não são só as professoras, são todos os funcionários da instituição, porque todo mundo é responsável gestor dessa atividade. E é importante a gente dizer que o programa pensa em três caminhos, primeiro ele vai pensar na formação profissional depois formação pessoal, e tem ainda a questão dessa estruturação do espaço físico, então o dia D é para essas instituições que fazem essa reunião quinzenalmente, que discutem o espaço da educação infantil, então a gente precisa reorganizar esse espaço, precisa melhorar esse espaço. Então vem os voluntários da Gerdau para realizar essas transformações nesse espaço. E aí a meninada fica muito feliz quando vê esse resultado, as próprias educadoras, se sentem mais entusiasmadas para realizar esse trabalho em um espaço mais organizado, mais bonito e mais feliz.  ” contou.

 

A diretora da escola, Maria Aparecida de Sousa Ribeiro falou que “ a escola não tem a oportunidade no dia a dia de parar e fazer uma organização desse tamanho, então é muito bom esses profissionais aqui dentro, realizando essas atividades, eles que são mais preparados , para realizar  essas tarefas   e ajudar em coisas que a escola  não consegue realizar por questões tanto financeiras, quanto de tempo” falou.

 


Sobre a Mesa Educadora, a Diretora disse que “ a Mesa é um programa que os profissionais da escola participam, e de 15 em 15 dias estamos lá para repensar, definir novas estratégias  porque antes éramos uma escola de ensino fundamental e agora somos uma escola de ensino infantil, então é um momento único de passar informação e de convivência também, de vivência do grupo” concluiu.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.