terça-feira, 14 de Junho de 2016 08:58h Carina Lelles

Galileu é lançado como pré-candidato a prefeito de Divinópolis

Durante o encontro regional do PMDB, foi prometida a liberação de recursos para o Hospital São João de Deus

POR CARINA LELLES

carina.lelles@gazetaoeste.com.br

 

Neste sábado, foi realizado o encontro regional do PMDB em Divinópolis. Galileu Machado foi anunciado oficialmente como pré-candidato a prefeito da cidade. Ainda durante o encontro, o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade, e o secretário de estado de Saúde, Sávio Souza Cruz.

Em entrevista ao Gazeta do Oeste, na tarde de ontem, Galileu Teixeira Machado revelou que pediu que os recursos para o Hospital São João de Deus (HSJD) fossem liberados com urgência. “Eu e o Fausto Barros estivemos em Belo Horizonte e pedimos para dar um pouco mais de atenção para a liberação de recurso para o Hospital e uma parcela já foi liberada. No sábado, voltamos a pedir que mais recursos fossem liberados e eles nos prometeram que farão o possível e o impossível para que este recurso seja liberado. Mostramos a eles a necessidade do Hospital, que somente ele faz atendimento pelo SUS e está problemático e este recurso seria para dar um sopro de vida para o Hospital”, revelou.

 

 

 

Galileu disse ainda que o encontro serviu para oficializar o nome dele como pré-candidato a prefeito de Divinópolis. “Coloquei meu nome à disposição do partido e a executiva estadual nos lançou como pré-candidato e também outros pré-candidatos de outros 34 municípios. Fico satisfeito com o apoio do vice-governador, Antônio Andrade, do ex-governador, Newton Cardoso, e do deputado federal, Newton Cardoso Júnior, além de tantas outras autoridades que estiveram presentes. Durante o encontro, enalteceram o meu nome e agora vamos aguardar as convenções”, afirmou.

Para Galileu, Divinópolis precisa voltar a crescer e foi muito sacrificada nos últimos 12 anos. “Neste período, vimos grandes empresas deixar a cidade e outras que ameaçam ir embora. O nosso Distrito Industrial está abandonado, um desinteresse total pelo local. A gente sempre procurou trazer empresas para a cidade e vamos retornar com este trabalho”, promete.

 

 

 

Para conquistar o eleitor que anda desiludido com os representantes políticos, Galileu afirma que, por onde anda, é clamado a voltar a ser candidato a prefeito. “Na última eleição, perdemos por uma diferença de quatro mil e poucos votos. A minha votação conserva com o passar dos anos e o povo quer que a gente volte e o momento é muito propício para a volta. Meu nome está novamente à disposição do partido para concorrer às eleições”, finalizou.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.