sábado, 18 de Junho de 2011 09:44h Sarah Rodrigues

Hoje é o dia D contra a Pólio e o Sarampo

Mais de 25 mil doses devem ser aplicadas durante a campanha


Hoje de 8h às 17h todos os  centros de saúde imunizarão crianças contra  a poliomielite e o sarampo.Os pais devem ficar atentos pois as vacinas têm idades de aplicações diferenciadas.A meta no município segundo dados da Semusa (Secretaria Municipal  de Saúde) é  aplicar pelo menos 25 mil doses das duas vacinas.

A  vacina contra  a poliomielite estará disponível para todas as crianças desde seu nascimento até  4 anos 11 meses e 29 dias. O público alvo desta  vacinação é de 12.672  crianças.Já a vacina contra o sarampo é disponível para as crianças que tenham de um ano   até 6  anos 11 meses e 29 dias.


ABERTURA
A abertura oficial da campanha foi realizada no Centro de Saúde do bairro Ipiranga com  a participação do querido “Zé Gotinha” e autoridades de saúde. Contudo, as vacinas contra a pólio já estavam sendo aplicadas pela Semusa em escolas e locais prioritários, para que a meta de 95% de cobertura vacinal seja atingida.


IMPORTÂNCIA
Os pais e responsáveis devem estar atentos ao calendário oficial de vacinação e imunizar seus filhos. A poliomielite também conhecida como paralisia infantil foi erradicada no país desde o início dos anos 90, em virtude das políticas de prevenção, vigilância  e  controle realizada pelo Sistema Único de Saúde, através das campanhas de  vacinação.

Esta vacinação contra o sarampo é chamada “campanha de seguimento” e costuma ocorrer em intervalos de três a cinco anos, para reforçar a proteção das crianças contra a doença e manter o Brasil sem transmissão disseminada do vírus.A doença também está erradicada no Brasil, por isso os pais, principalmente os que viaja, muito devem observar o cartão de vacinação da criança, pois muitos países ainda possuem casos de sarampo.

Como se trata de uma situação especial e preventiva, mesmo que a criança esteja em dia com sua vacina contra o sarampo que já se encontra no Calendário Oficial de Vacinação, a vacina deverá ser aplicada novamente se o intervalo entre as doses tenha ultrapassado 30 dias. 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.