quinta-feira, 20 de Setembro de 2012 16:38h Atualizado em 21 de Setembro de 2012 às 09:11h. Juliana Lelis

Iluminação deficiente aumenta o risco no Anel Rodoviário

Para os motoristas a falta de iluminação no anel rodoviário é um fator de risco , Márcio passa sempre pelo anel para voltar do trabalho para casa, e contou que a falta de energia é preocupante

Os problemas com a falta de luz em Divinópolis, já tem sido alvo de muitas reclamações da população. Esse fato agora está afetando também a iluminação pública do anel rodoviário  Posto da Policia Rodoviária no Km 109 da MG 050 e entorno da trincheira da rua Goias.

 


O problema dessa vez fica ainda mais grave, pelo fato de serem vias movimentadas e no caso do Anel Rodoviário, com um trânsito sempre intenso, onde a falta de iluminação pode proporcionar o risco de acidentes.

 

Os moradores e comerciantes das regiões próximas a trincheira da rua Goiás, reclamam que a falta de iluminação pública atrapalha principalmente o setor comercial, já que começa a escurecer muito rápido e não é seguro deixar o comércio aberto nessas condições.

 

Anderson, trabalha nas proximidades da trincheira  e contou sobre os problemas causados pela falta de iluminação pública para região “ aqui na trincheira, já é uma região bem perigosa, quando vai aproximando 19:00  horas já pode se encontrar vários usuários de drogas por aqui, tem também um grande índice de prostituição, então já é uma região que enfrenta esses problemas, agora com a falta de iluminação, fica ainda mais perigoso e as pessoas que praticam essas atividades, vão se sentir ainda mais confortáveis, então eu acho que prejudica muito em todos os fatores, principalmente para o comércio que fica aberto até mais tarde que não vão poder mais ficar e para as pessoas que transitam pela região” falou.

 

Já para os motoristas a falta de iluminação no anel rodoviário é um fator de risco , Márcio passa sempre pelo anel para voltar do trabalho para casa, e contou que a falta de energia é um fator preocupante “ o trânsito em si ele já é perigoso, ainda mais aqui na trincheira que tem  carro, caminhão tudo muito movimentado, e dirigir a noite com a iluminação, já é ruim, sem a iluminação atrapalha mais ainda, porque as pessoas tendem a usar um farol muito alto, o que incomoda os olhos dos outros que estão vindo e isso pode sim influenciar muito nas causas de acidentes” reclamou.



A responsável pela assessoria de comunicação da Cemig , Shirley W Pereira,  prestou esclarecimentos sobre o assunto e disse que “ a Cemig esclarece que periodicamente realiza inspeção e manutenção em suas redes de distribuição com a finalidade de prevenir ou corrigir possíveis defeitos no sistema de iluminação pública. A empresa informa que até o dia 23 de setembro realizará a correção dos pontos nesses locais que apresentarem irregularidade. Como se trata de trechos de trânsito intenso a manutenção é preferencialmente executada nos fins de semana” esclareceu.

 


Já sobre a situação do Posto Policial, ela informou que “ A Cemig informa que a manutenção da iluminação do posto policial localizado no KM 109 da MG 050 é de responsabilidade do próprio órgão”. Ela concluiu esclarecendo ainda que “ a Companhia esclarece ainda, que defeitos na iluminação pública devem ser comunicados à central de atendimento Fale com a Cemig, telefone 116. A central funciona 24 horas, e a ligação é gratuita” concluiu
 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.