sexta-feira, 9 de Janeiro de 2015 09:15h Atualizado em 9 de Janeiro de 2015 às 09:19h. Lorena Silva

Instituto Algar repassa mais de R$ 19 mil a conselho por meio do Fundo para a Infância e Adolescência

Outras dez cidades de Minas Gerais e São Paulo também foram beneficiadas

O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDDCA) de Divinópolis recebeu no final do ano passado R$ 19,2 mil do Instituto Algar – responsável por iniciativas sociais nas comunidades em que o grupo Algar atua. O repasse foi realizado por meio do imposto de renda devido, via Funda para a Infância e Adolescência (FIA). Outras dez cidades também foram beneficiadas.
“O propósito do Instituto Algar é fortalecer o trabalho de instituições que, assim como nós, acreditam que cuidar das crianças e dos adolescentes e oferecer a eles oportunidades resulta em benefícios para toda a comunidade”, argumentou a coordenadora do Instituto Algar, Carolina Toffoli, em material divulgado pela empresa.
No total, R$ 190,7 mil foram destinados aos Conselhos Municipais e a instituições. Além de Divinópolis, foram beneficiadas as cidades mineiras de Araxá, Belo Horizonte, Iturama, Frutal, Ituiutaba, Nova Serrana, Uberaba e Uberlândia, além de Franca, em São Paulo e Itumbiara, em Goiás. A AACD Uberlândia também recebeu recursos.

 

 

CARAVANA DO FIA
Uma matéria divulgada pela Gazeta do Oeste em dezembro do ano passado mostrou que o CMDDCA de Divinópolis promove visitas em algumas empresas do município com uma iniciativa chamada de Caravana do FIA – que tem como objetivo sensibilizar os funcionários a destinaram parte do imposto para as entidades por meio do imposto de renda.
“O objetivo é mostrar para os funcionários as entidades que existem dentro de Divinópolis e o trabalho que elas desenvolvem. E mostrar para eles também que é possível estar fazendo o repasse”, explicou a presidente do CMDDCA, Cybele Silva Machado, na época.
A caravana também tem o intuito de revelar a quantidade de crianças que são atendidas pelas entidades e mostrar que é preciso a colaboração dessas pessoas para que esse serviço continue. “Porque imposto de renda de todo jeito você vai pagar, você só vai escolher destinar o seu imposto de renda para uma entidade que seja do município, ao invés de mandar para o governo federal”, pontuou Cybele.
Tanto a pessoa física quanto a jurídica pode repassar parte do seu imposto de renda para o FIA. As pessoas ou empresas que queiram contribuir com o Fundo podem entrar em contato com o Conselho da Criança e do Adolescente, que fica na Avenida Getúlio Vargas, nº 268, ou ligar para o telefone (37) 3221-1860.

 

Crédito: Divulgação / PMD

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.