quinta-feira, 6 de Setembro de 2012 13:58h Carla Mariela

Jaime Martins se reuniu ontem com autoridades do Ministério da Saúde e representantes de bancos

O Deputado Federal Jaime Martins (PR), se reuniu ontem à tarde com o presidente da Caixa Econômica, representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social, representantes do Ministério da Saúde, dentre outras autoridades. O encontro foi realizado com o intuito de buscar maneiras de viabilizar uma linha de financiamentos que está sendo lançado pelo Ministério da Saúde, para atender às necessidades e minimizar a crise do Hospital São João de Deus. Essa linha de financiamento possui juros mais baixos e condições favoráveis em termo de alongamento da dívida.

 


De acordo com Jaime Martins, ele aproveitou a ocasião para comentar sobre a situação do hospital, e tentar o seu enquadramento dentro da modalidade de financiamentos para aliviar a sua dívida. “Nós fomos buscar alternativas para uma linha de financiamentos que foi lançada pelo Ministério da Saúde em conjunto com a Diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES), que é uma linha de financiamento a juros mais baixos e em condições mais favoráveis em termos de alongamentos de dívida e o que nós fomos fazer nessa reunião foi buscar uma forma de como o hospital pode se enquadrar. A linha foi lançada já há algum tempo, mas ficou inacessível do ponto de vista prático, pois nenhum hospital no Brasil conseguiu acessá-lo”, ressaltou.

 


Conforme o Deputado, ele foi ao encontro para ampliar a discussão “Nós estamos lutando para que o HSJD se inclua dentro dessa modalidade de financiamentos para que possa haver um alívio das finanças no fluxo de caixa do hospital, de tal forma que esse alongamento permita a sobrevivência do hospital com mais tranquilidade para os atuais gestores”, destacou.

 


Jaime Martins acrescentou que a reunião foi produtiva. “Nós fizemos a reunião com o presidente da Caixa Econômica, Dr. Jorge Ereda, em seu gabinete em Brasília, participaram também o Diretor Executivo Roberto Santana e o Superintendente Nacional, André Ricardo de Sousa. Estavam comigo o diretor da Santa Casa e o deputado Antônio Brito, nós viemos conversar sobre a situação dos hospitais no modo geral e em particular do caso do Hospital São João de Deus que precisa de reestruturação financeira e viemos fazer a solicitação para que essas linhas de financiamento do HSJD tenha um prazo maior e juro menor. Nós saímos da reunião bastante otimistas, porque conseguimos aqui financiamentos. Hoje o hospital tem prazos de vinte e poucos meses e nós vamos conseguir elevar para até 84 meses colocando um prazo de carência entre 6 e 12 meses. E as taxas de juros que chegam  1.3% ao mês, nós vamos conseguir reduzir e conseguir uma taxa de 12 e 14% ao ano, eu acho que isso facilita muito a vida do hospital”, declarou.

 


Ainda conforme o Deputado Jaime Martins, há a possibilidade de conseguir recursos para que o hospital quite seus débitos previdenciários fiscais.

 


Martins solicitou uma audiência que será realizada no dia 19, às 11hs da manhã com a presença dos diretores do hospital São João de Deus e com o gerente que está a cargo dessa renegociação do contrato para que eles possam com toda orientação necessária tentar resolver a situação do hospital.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.