sexta-feira, 15 de Julho de 2016 14:18h

Jovem é preso duas vezes em menos de 24 horas

Na tarde desta quarta-feira, Felipe Cassiano Ribeiro, de 24 anos, foi preso novamente, desta vez suspeito de envolvimentos com o tráfico de drogas

Na terça-feira, ele havia sido preso com um celular que foi roubado durante o latrocínio ocorrido no bairro Nossa Senhora das Graças, no final de junho.

Militares receberam denúncias de que uma casa, na Rua Maria Gertrudes Coelho, no bairro Nações, estava com pessoas suspeitas com armas e drogas. Os militares foram até o local e abordaram, além de Felipe, Michael Douglas Mauricio, de 21 anos, e Alef Batista da Silva, de 22 anos.

Foi localizada uma pistola calibre 765 com cinco munições no carregador, além de duas porções grandes de crack e três porções de cocaína. Os suspeitos, que possuem passagens por roubo, tráfico de drogas, receptação, entre outros crimes, foram levados para a Delegacia, juntamente com o material apreendido.

 

Felipe

Na noite de terça-feira, Felipe Cassiano foi preso no bairro Paraíso. Ele estaria de posse de um celular que foi roubado na lanchonete onde houve o latrocínio de Vera Lúcia, no final de junho deste ano. O jovem foi abordado e disse aos militares que deixou o celular carregando na casa de uma vizinha. Os militares foram até a casa da mulher, de 50 anos, que contou que o aparelho foi deixado no local por um adolescente. Ela entregou o aparelho aos militares e o jovem disse que comprou o produto de uma pessoa desconhecida. O suspeito foi levado para a Delegacia, sendo ouvido e liberado e preso novamente menos de 24 horas depois.

 

 

Créditos: Divulgação PM

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.