quarta-feira, 26 de Setembro de 2012 16:53h Erik Ulysses

Loja no centro de Divinópolis é arrombada durante a madrugada de terça-feira

Uma loja de produtos eletrônicos na Avenida 1º de junho esquina com Goiás foi arrombada e teve diversos produtos roubados na madrugada de terça-feira. Toda a ação dos criminosos foi filmada pelas câmeras do circuito interno da loja. De acordo com uma vendedora da loja a ação foi feita por cinco criminosos. “Foi três horas da manhã. A gente olhou pela câmera, eles cortaram a grade com aqueles alicates grandes tipo de construção e quebraram o vidro. Eles pararam o carro em cima da faixa, eram umas cinco pessoas e eles foram tirando os produtos. Tinha X-BOX, Playstation 3, som de carro, DVD, os produtos mais pequenos e mais caros eles levaram. Aí a seguradora ligou para o meu gerente e ele chegou na hora, a Polícia já estava aqui, já estava tudo encaminhando” contou a vendedora.
Ela disse ainda acreditar que entre os assaltantes estava uma mulher, já que pelas filmagens um dos indivíduos tinha um corpo menor e usava uma calça mais apertada. Segundo ela os ladrões usam capuzes, o que dificulta o reconhecimento dos suspeitos. O tempo gasto pelos criminosos também surpreendeu a vendedora. “Todo mundo estava de capuz e o carro era um Kadet de cor prata e que também era roubado Foi muito rápido, acho que tudo já tinha sido pensado. Parou ali e quebrou. Foi uma questão de dois minutos e levaram tudo que estava ali” afirmou.
A vendedora calcula que o valor dos produtos furtados gire em torno de oito mil reais.
A vendedora disse que em outras ocasiões a loja já havia passado por uma tentativa de arrombada, porém das outras vezes os bandidos não tiveram êxito. “Já teve outras vezes que a gente percebeu que eles tentaram arrombar por cima no estoque, mas não deram conta. Às vezes são as mesmas pessoas, podem ser que saibam mais ou menos o movimento da loja, sabe como é o esquema” disse ela.
Os criminosos responsáveis pelo arrombamento ainda não foram encontrados. A Polícia Militara trabalha no rastreamento dos suspeitos e conta com a ajuda da comunidade para que os indivíduos possam ser presos. Se alguém possuir alguma informação de pessoas que venderam ou adquiriram tais objetos que façam contato com a PM através dos números 190 ou 181.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.