sexta-feira, 4 de Setembro de 2015 10:57h

MAIS DE 2 MIL LIVROS DOADOS À BIBLIOTECA MUNICIPAL

Na manhã desta sexta-feira (04/09), a organização da Festa Literária de Divinópolis (FLID) realizou a entrega de mais de 2000 livros arrecadados pelo evento à Biblioteca Pública Municipal Ataliba Lago

Os livros arrecadados pela Festa Literária superam a marca de 2014, na primeira edição do evento, e passam a fazer parte do acervo da maior biblioteca do Centro-Oeste mineiro.

Os ingressos para as atrações internas da FLID no Teatro Usina Gravatá foram adquiridos pelo público mediante a troca por um livro literário em bom estado de conservação. Devido à grande procura pelas palestras, bate-papos com autores e atrações artísticas, foi possível arrecadar mais de 2000 exemplares e repassá-los à Biblioteca, a fim de incentivar a formação de leitores na cidade e, consequentemente, a cultura. Assim que catalogados pela Ataliba Lago, as obras estarão disponíveis para consulta e empréstimo ao público em geral, além de fazerem parte do Projeto “Livro Leve e Solto”, da Secretaria Municipal de Cultura, que distribui livros em praças da cidade.

Formação de leitores

Segundo a coordenadora da Biblioteca, Geisa Aparecida Greco, a FLID, em parceria com a Biblioteca, tem o objetivo de fomentar a leitura, incentivar a formação de novos leitores e tornar Divinópolis uma cidade mais literária e leitora. “Esses livros vêm somar ao nosso acervo da Biblioteca e os livros que já temos serão direcionados a outras bibliotecas e ao projeto ‘Livro Leve e Solto’, que vai todos os meses aos bairros para levar essa informação e conhecimento à sociedade”.

Para o curador e um dos organizadores da FLID, Juarez Nogueira, essa entrega dos livros à Biblioteca representa mais que um dever cumprido: “É a expectativa que estamos no caminho certo. A generosidade que a população de Divinópolis acolheu esse evento nos dá o compromisso de fazer mais, melhor, e superando a cada edição, tanto em números quanto em qualidade do evento”.

Hoje a Biblioteca Ataliba Lago se destaca como um importante polo de cultura e é referência em toda a região Centro-Oeste do Estado. Possui uma área de quase 2000 metros quadrados e um acervo de mais de 110 mil obras, incluído as recebidas nessa sexta-feira (04/09). Segundo Juarez Nogueira, que também é autor, entregar esses livros faz parte do objetivo maior da FLID, que é fazer de Divinópolis uma cidade mais literária.

“O livro na prateleira é como uma criança sozinha num orfanato. Então, o objetivo dessa entrega é fazer com que o livro chegue às mãos do leitor. Ele precisa circular, assim como as ideias e a cultura precisam circular. Fazer o livro chegar às mãos das pessoas só contribui para que consigamos formar uma cidade literária, voltada para a Cultura. Ou, como diria Adélia Prado, a madrinha da FLID, ‘fazer chegar o pão cultural’, distribuir esse pão cultural ao nosso povo”, encerra o curador do evento.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.