sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014 04:25h Atualizado em 19 de Dezembro de 2014 às 04:28h. Jotha Lee

Mais de 22 mil aposentados divinopolitanos deverão fazer comprovação de vida

Segurado que não cumprir a regra terá o pagamento do benefício suspenso

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) têm até o próximo dia 30 para comprovação de vida e a renovação da senha na rede bancária, caso contrário, o benefício será suspenso. A comprovação de vida deve ser feita na instituição em que o segurado recebe. Em nota enviada à Gazeta do Oeste, a assessoria de imprensa do INSS em Minas informou que “é importante destacar que o procedimento é obrigatório e deve ocorrer anualmente.”
A prova de vida tem como objetivo combater as fraudes e inconsistências no pagamento de benefícios. Após a conferência e validação dos dados, o beneficiário recebe uma nova senha. Os bancos garantem que estão alertando os clientes sobre o fim do prazo por meio de avisos impressos nos extratos bancários e mensagens que podem ser lidas nas telas do caixa eletrônico, no momento do saque do benefício.
Para fazer a comprovação, o segurado ou pensionista deve levar um documento de identificação com foto, como a carteira de identidade, Carteira de Trabalho, Carteira Nacional de Habilitação, entre outros. Os bancos que têm tecnologia para fazer a identificação biométrica poderão utilizá-la.

 

PROCURAÇÃO
Caso esteja impedido de ir à agência bancária, o beneficiário deve fazer a prova de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS. Para se cadastrar, o procurador deverá comparecer a uma agência da Previdência Social e apresentar a procuração devidamente assinada.
O modelo da procuração pode ser encontrado no site do Ministério da Previdência. Outra opção é uma procuração registrada em cartório, se o beneficiário não for alfabetizado, informa o INSS. Além disso, é necessária a apresentação de atestado médico – emitido nos últimos 30 dias – que comprove a impossibilidade de locomoção do beneficiário ou atestado de vida emitido por autoridade consular, no caso de ausência por motivo de viagem ou de residência no exterior, além dos documentos de identificação do beneficiário e do procurador.

 

DIVINÓPOLIS
A Gerência-Executiva do INSS em Divinópolis é responsável pelo acompanhamento administrativo de 22 agências da Previdência Social distribuídas nas regiões Centro-Oeste e Sudoeste do Estado. Essas unidades atendem 1,6 milhão de cidadãos mineiros de 84 cidades. De acordo com a assessoria de imprensa, o INSS paga 184.946 aposentadorias nas 84 cidades da área de abrangência da Gerência. Só em Divinópolis, são 22.092 aposentados, dos quais 12.580 já haviam feito a comprovação de vida até o dia 8 passado, último balanço disponibilizado. Em Minas, 136.707 pensionistas ainda não fizeram a comprovação.
O Ministério da Previdência Social já divulgou o calendário de pagamento dos benefícios em 2015, que pode ser consultado na página da Previdência Social na internet. Em janeiro de 2015, a folha de pagamento do INSS tem início no dia 26 de janeiro e término no dia 6 de fevereiro. Para saber o dia de pagamento, os beneficiários devem observar o último número do cartão de benefício, excluindo-se o dígito.

 

Crédito: Jotha Lee

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.