quinta-feira, 2 de Julho de 2015 10:12h Atualizado em 2 de Julho de 2015 às 10:21h. Mariana Gonçalves

Mais de cem atendimentos já foram realizados na Clínica Médica do HSJD

Na prática, os serviços da Clínica Médica e reforço da Pediatria Ambulatorial do Hospital São João de Deus (HSJD) foram retomados na última sexta-feira (26)

No entanto, somente esta semana a volta dos procedimentos foi oficializada pela gestão do Hospital. Cabe destacar que principalmente as atividades da pediatria só foram possíveis devido a uma parceria com a Unimed, que se prontificou em buscar os profissionais e assegurar que o trabalho de todos eles – tanto clínicos como pediatras – será remunerado corretamente.

Em apenas três dias de funcionamento, a Clínica já realizou mais de cem atendimentos. O serviço ambulatorial funcionará 24h, com 15 profissionais clínicos e aproximadamente 14 pediatras. “São duas clínicas que chamamos de básica num serviço de saúde. Não é um consultório de clínica médica, é um atendimento de clínica médica dentro de um hospital que tem toda uma estrutura. Então, por exemplo, se o paciente vier até a clínica com uma dor de cabeça, e esse problema evoluir para o caso de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), ele terá toda uma estrutura de atendimento. Esse é um momento muito importante para o Hospital e para a região”, destaca o diretor da Dictum, Áriston de Oliveira Silva.

O coordenador da Clínica Médica, Rufino de Freitas, explica que os serviços referentes à clínica irão contemplar todos os 22 convênios de saúde que já estão credenciados pelo HSJD. Além disso, Rufino enfatizou o profissionalismo da equipe, dizendo que todos os médicos têm grande experiência de atuação na área.

DIFICULDADES

“Levei uns três meses para conversar com todos os pediatras da cidade e região. Foi muito difícil encontrar esses profissionais, mas conseguimos. De início, somente vamos atender os usuários da Unimed e plano São João de Deus Saúde, mas o Afrânio já me pediu para que conversassem com os pediatras para podermos atender os outros planos com os quais o Hospital tem contrato. Então, isso provavelmente deverá acontecer em breve”, afirma o representante da Unimed e coordenador da Pediatria Ambulatorial, Clóves Silva.

Segundo o superintendente da Fundação Geraldo Corrêa, Afrânio Emílio Carvalho, a capacidade de atendimento da clínica é de 300 pacientes em média por mês, tendo a possibilidade de dobrar esses atendimentos. “O Hospital está em parceria com a Unimed, disponibilizamos toda a infraestrutura e a Unimed conseguiu garantir a manutenção dos profissionais para o serviço de plantão 24h”, finaliza.


Crédito: Mariana Gonçalves

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.