terça-feira, 7 de Junho de 2016 14:02h Atualizado em 7 de Junho de 2016 às 14:20h. Mariana Gonçalves

Mais de cem mil pessoas marcaram presença na 46ª Divinaexpo

Para muitos, a Divinaexpo deixou um gostinho de quero mais, claro, que em todo evento de grande porte, problemas são inevitáveis e, de certa forma, eles são necessários para que a organização avalie e faça os devidos reparos

POR MARIANA GONÇALVES

mariana.goncalves@gazetaoeste.com.br

 

 

A chuva pegou o público de surpresa na quinta-feira (02) e sexta-feira (03) – houve reclamação, em especial das pessoas que estavam sentadas na arquibancada, contudo, o presidente do Sindicato Rural, Irajá Nogueira, destacou que já está sendo estudada para a Divinaexpo 2017 a cobertura das arquibancadas, ação essa que trará mais conforto à população. “Agora já começamos a pensar, planejar a Divinaexpo do ano que vem. Tratamos o Sindicato Rural de Divinópolis como uma empresa, temos que fazer todo um planejamento, rever ações que foram feitas. Sempre que termina a festa, eu chamo a equipe e pergunto aquilo que não funcionou em cada setor da festa. Isso é pra gente corrigir para o ano seguinte, então acabou essa, mas a do ano que vem já começa a ser elaborada desde agora”, acrescenta.

Ainda segundo Irajá, a cada ano, a festa vem se superando mais, como diz o próprio slogan do evento, somente a Divinaexpo supera a Divinaexpo. “Fico até emocionado, porque a Divinaexpo a cada ano inova. No decorrer da festa, tivemos muitas emoções, vivemos a adrenalina da arena, também a solidariedade com as doações ao peão, que, por um acidente na montaria, teve que amputar as pernas, além disso, tem as instituições da cidade que ajudamos com muito gosto. Então tivemos muitas coisas positivas nesse ano”, afirmou o presidente do Sindicato Rural.

 

 

 

A edição deste ano da festa marcou uma nova fase da Divinaexpo, no que se refere às questões estruturais, quem esteve no Parque de Exposições viu que o local está mais amplo. A arena da parte baixa do parque deixou de existir, com isso, a festa ganhou uma outra cara. Foram construídos mais banheiros, a praça de alimentação ganhou espaço – outro ponto também a ser destacado foram às ações de segurança pública realizadas durante a festa.

A Polícia Militar (PM) divulgou ontem o balanço das ocorrências no Parque de Exposições durante a Divinaexpo 2016. Segundo a PM, houve uma redução de 14% dos crimes comuns em relação ao evento do ano passado.

 

 

 

 

BALANÇO

 

Ainda de acordo com balanço divulgado pela PM, foram abordadas 1.290 pessoas. 572 veículos foram fiscalizados, 44 autos de infração de trânsito foram feitos, 11 motocicletas e 6 veículos foram removidos.

Em relação a crimes violentos, a PM afirma que não houve registro. Maiores infratores presos foram vinte pessoas, apreensões de menores infratores foram cinco.

No dia 31, o público estimado pela PM foi de 30 mil pessoas. Dia 1, nove mil pessoas curtiram as atrações da Divinaexpo. No dia 2, foram dez mil pessoas, dia 3, o registro de público, segundo estimativa, foi de 26 mil, no dia 4, 30 mil pessoas marcaram presença no Parque de Exposições, e no último dia da festa, cerca de 7.500 pessoas.

 

 

 

 

MINEIRO ASSUME LIDERANÇA NA PBR

 

O Monster Energy PBR, maior campeonato de montaria em touros do país, organizado pela Professional Bull Riders (PBR), tem um novo líder, o mineiro Giliard Antônio, de Monte Belo, que chegou ao topo da disputa pelo título nacional da modalidade depois de garantir a fivela de campeão da etapa de Divinópolis.

Mesmo chegando invicto à final Brahna Super Bull, o competidor precisava conquistar uma nota melhor que Alan de Souza e Luciano Henrique de Castro, os mais próximos ao título. E o resultado veio depois de Giliard se manter os oito segundos sobre o touro WhatsApp, da Cia Paulo Emílio, garantindo 90,25 de nota, a mais alta da noite.

 

 

 

 

Esta foi à primeira fivela de campeão que o atleta conquistou desde que chegou à elite deste esporte, em 2015. “Estou muito contente. Só tenho de agradecer, primeiramente, a Deus e depois aos meus familiares, que me apoiam muito. Venho fazendo boas montarias e este é o resultado de muito trabalho”, explicou.

O paulista Alan de Souza, de Tremembé, é o segundo colocado no ranking, com 1385 pontos, 222,50 a menos que Giliard, com 1607,50. Dener Barbosa, de Paulo de Faria (SP), que até então era o líder do Monster Energy PBR, ficou com a terceira posição na disputa pelo título nacional.

Entre os touros, a fivela de campeão foi para Patrão, da FSM, da Cia Rancho 3 Irmãos de Floreal, que finalizou a etapa com 45,75 de nota, depois de vencer a disputa contra Otniel Gonçalves, de Santana do Araguaia (PA).

 

 

 

 

CUTIANO

 

O competidor Ari Piovesan Jr. garantiu em Divinópolis a sua classificação para a etapa de Barretos na Copa Rozeta de Montarias em Cavalos – Cutiano. “Estou muito grato, gosto de vir, competir aqui no rodeio de Divinópolis, já ganhei dois anos, sendo esse o terceiro, para mim, é só alegria. Agradeço a Deus em primeiro lugar, agradeço ao Pablo Ribeiro, que me trouxe para a cidade e a todos que participam direta ou indiretamente deste evento, do rodeio de Cutiano”, disse o competidor.

 

 

 

 

SHOWS

 

Na sexta-feira (6), o show ficou por conta dos sertanejos Jorge&Matheus – a dupla não se prontificou a atender à equipe de reportagem do Gazeta do Oeste, devido ao entendimento da assessoria de comunicação dos artistas - da possibilidade de uma entrevista via e-mail. Contudo, o tempo de publicação desta matéria não acompanharia o tempo de reposta dos cantores. Por esta razão, não traremos nenhuma fala dos sertanejos a respeito de sua participação na Divinaexpo.

Quem também se apresentou no palco principal da festa na sexta foram os sertanejos Matheus&Kauan.

Já no sábado, quem abrilhantou o palco da Divinaexpo foram os músicos Pedro Paulo& Alex (PPA) e Luan Santana.

A dupla PPA participou da Divinaexpo pela segunda vez consecutiva, mas a apresentação deste ano foi ainda mais especial, os músicos foram os padrinhos do Instituto Helena Antipoff / APAE. “É uma causa que ficamos muito felizes de termos apadrinhado, tivemos a oportunidade de vir no lançamento da festa com o apadrinhamento oficial. Conhecemos algumas das crianças atendidas pelo Instituto e foi maravilhoso”, salientou o sertanejo Pedro Paulo.

 

 

 

Alex falou sobre os projetos musicais da dupla para este ano de 2016. “Tem muita música nova, inclusive, fizemos três prévias de canções que estarão no novo álbum e disponibilizamos na internet, para a galera sentir parte do que vem por aí!”, destacou o artista.

O sertanejo Luan Santana também não atendeu a nossa equipe de reportagem, pelos mesmos motivos citados acima da dupla Jorge&Matheus.

Se apresentaram também na Divinaexpo na noite de sábado, o cantor Higor Rocha, Vitor&Guilherme e Tuta Guedes.

A simpática Tuta Guedes conversou com nossa equipe, ela se apresentou no Trio da Divinaexpo. “Estou super feliz, sei que a festa é uma das maiores e melhores do Brasil. Fico muito honrada de apresentar aqui em Divinópolis o meu projeto #TutaElétrica, você cantar com amor não tem prazer maior, e Deus me deu esse presente de poder cantar aqui na cidade para vocês”, pontua a cantora.

 

 

ENCERRAMENTO

 

O encerramento da Divinaexpo 2016 ocorreu na noite do último domingo, além da final do circuito da PBR, teve ainda a ‘pegada’ bruta, rústica e sistemática – dos cantores Bruno&Barreto. Os sertanejos se apresentaram no trio elétrico, o qual foi posicionado dentro da arena.

“O trio tem uma energia diferente, esse é o terceiro show da nossa carreira que fazemos em cima de um trio, e é muito bom. No estado de Minas Gerais temos muitos fãs, e agradecemos de coração. A Divinaexpo é uma grande festa, sabemos o tamanho dessa feira agropecuária e só posso dizer que é muito prazeroso estar aqui”, disse Bruno.

Sobre os projetos musicais, Barreto completou dizendo que o público terá muitas surpresas por parte da dupla. “Final do ano vamos gravar outro DVD, soltar moda nova para a galera, temos um repertório muito bom vindo a caminho”, encerrou o sertanejo.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.