quinta-feira, 16 de Abril de 2015 11:19h Atualizado em 16 de Abril de 2015 às 11:25h. Pollyanna Martins

Mato alto toma conta da porta de escola no bairro Niterói

Diretora da unidade já pediu ajuda da Prefeitura, mas não teve resposta

A Escola Estadual Nossa Senhora do Sagrado Coração passa por um momento de descaso por parte do poder público municipal. O mato alto tomou conta da porta da instituição. A diretora da escola, Iolanda Sebastiana Dias, relatou que devido à falta de capina os alunos não conseguem andar no passeio e se arriscam no meio da rua.
Segundo Iolanda, vários ofícios já foram enviados para a Prefeitura solicitando a limpeza do local, mas a resposta do órgão público não foi a que ela esperava. “A escola está situada em uma região de risco social, nós atendemos muitas crianças carentes. O meu maior problema é o mato, que está muito alto. Agora já é uma situação de segurança pública, porque o mato tomou conta do passeio e as minhas crianças têm que andar na rua, em uma avenida muito movimentada e perigosa. Eu mandei vários ofícios à prefeitura e me foi negada essa ajuda, eles não se dispuseram a me ajudar”, reclama.

 

PONTO DE DROGA
Outro problema enfrentado pela diretora da escola é o uso da quadra da instituição por usuários de drogas. A diretora relatou que é rotineiro encontrar restos de entorpecentes na quadra recém-construída pelo governo federal.
O mato alto, que também tomou conta do lado de dentro da escola, é o local perfeito para que seja ponto de consumo de drogas dos usuários durante a noite. “O pessoal está invadindo a escola e [os dependentes] estão usando a minha área onde está situada a quadra para usar e guardar drogas. Essa quadra foi recém-construída. Além disso, tem os lotes ao lado que viraram depósito de lixo. Vai virar outro carrapateiro se não tomarem uma providência urgente”, alerta.

 

PREFEITURA
A Prefeitura de Divinópolis através de sua assessoria de imprensa, disse que a Secretaria de Municipal de Operações Urbanas já foi informada sobre a situação da escola e que a limpeza já está incluída no calendário de ações da Secretaria. Entretanto, não deu prazo para a realização do serviço.

 

Crédito: Pollyanna Martins

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.