terça-feira, 29 de Dezembro de 2015 08:35h Atualizado em 29 de Dezembro de 2015 às 08:37h. Mariana Gonçalves

Mega da virada aumenta movimento nas Lotéricas

Começar 2016 com R$280 milhões na conta bancária é o sonho de todos os brasileiros. Na quinta-feira (31), será realizada a Mega Sena da Virada, o último sorteio do ano, que fará um ou mais apostadores mudarem de vida

As apostas podem ser feitas em todas as casas lotéricas do país até o dia da apuração. O prêmio não vai acumular. Se ninguém acertar as seis dezenas, o valor será dividido entre as pessoas que acertarem cinco dezenas (quina).
A aposta mínima custa R$ 3,50, e a probabilidade de um apostador acertar as seis dezenas é uma em 50 milhões. Também serão aceitas as tradicionais apostas em grupo, os chamados bolões, cuja aposta mínima custa R$ 10. “Quem nunca jogou, quer jogar! Tem pessoas que marcam um monte de número, mas não sabe que quanto mais dezenas, mais caro é o jogo, então é onde trabalhamos muito com os bolões, por exemplo, sete dezenas hoje é R$24,50, daí fazemos três jogos de sete dezenas para dez pessoas, aí o bolão sai a R$10. As pessoas estão participando, a procura está grande”, diz a operadora de caixa, Ronaria Kiria da Silva Gonçalves.
Ronaria trabalha há doze anos em lotérica, segundo conta, as apostas se intensificam no mês de dezembro. “Geralmente, esse mês todo mundo tem um dinheirinho a mais, então o nosso movimento aumenta. Além disso, o prêmio chama atenção das pessoas, será sorteado ao vivo e o valor não acumula, então, de qualquer maneira haverá ganhador (es)”, destaca.


RENDIMENTO

Segundo cálculos da Caixa, se um único apostador ganhar o prêmio da Mega da Virada, ele poderá aplicar o valor na poupança e obter renda mensal de R$ 1,9 milhão, equivalente a R$ 63 mil por dia. Com R$ 280 milhões, o ganhador também poderá comprar 560 imóveis avaliados em R$ 500 mil e 1.866 carros de luxo. “Temos bolões grandes para aqueles que entendem de jogo, que é de doze e treze dezenas. Bolão sai mais, porque fica mais barato, mas claro que tem aqueles que jogam sozinhos e fazem jogos grandes, de 3 e 4 mil, chegamos até a assustar”, afirma a operadora de caixa.
O primeiro sorteio da Mega da Virada foi feito em 2009, quando dois ganhadores dividiram R$ 144,9 milhões. Em 2014, o prêmio de R$ 263 milhões saiu para quatro ganhadores, um de Brasília (DF), dois de São Paulo e um de Santa Rita do Trivelato (MT). “A Mega nunca saiu para Divinópolis, isso que eu me lembre. Já saiu para Carmo do Cajuru, quem sabe dessa vez não temos aqui na cidade um (a) sortudo (a). Aconselhamos que a pessoa que fez o jogo, seja bolão grande ou à surpresa, anotar sempre o CPF, porque num caso de perca do bilhete e ter uma premiação, só a pessoa portando aquele CPF é que irá receber”, frisa Ronaria.

 

CUIDADO

Muitos brasileiros têm mania de deixa tudo para a última hora, Ronaria chama a atenção para isso, porque os apostadores que não se anteciparem correm o risco de não ter o palpite registrado, e assim ficam fora do jogo. “O Brasil todo joga, então nos últimos dias o sistema costuma dar pane. Todo ano, devido à quantidade de apostas, o sistema sai do ar, ou acontece também de ficar muito lento. Então aqueles que forem fazer os seus jogos, que não deixe para as últimas horas. O atendimento específico para a Mega da Virada começou essa semana. Desejo boa sorte a todos, e que o prêmio saia para Divinópolis”, completa.
Vale lembrar que os prêmios não reclamados prescrevem 90 dias após a data do sorteio. Após esse prazo, a Caixa informa que os valores são repassados para o tesouro nacional e aplicados no Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior).

 

ENTENDA
O prêmio bruto corresponde a 46% da arrecadação, já computado o adicional destinado ao Ministério do Esporte. Dessa porcentagem, 35% são distribuídos entre os acertadores dos 6 números sorteados (Sena); 19% entre os acertadores de 5 números (Quina); 19% entre os acertadores de 4 números (Quadra); 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos 6 números nos concursos de final 0 ou 5. 5% ficam acumulado para a primeira faixa - sena - do último concurso do ano de final zero ou 5.

 

Créditos: Mariana Gonçalves

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.