sexta-feira, 22 de Janeiro de 2016 09:19h Mariana Gonçalves

Melhoria na Rua Levindo Eustáquio já tem sido cobrada há dois anos

Próximo à construção do Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU), no bairro Nossa Senhora das Graças, está localizada a Rua Levindo Eustáquio Paim

Um trecho que não tem calçamento e, se não fosse pela intervenção dos moradores locais, a via estaria tomada por matos. O representante comercial, Fernando Andrade, contou à nossa reportagem que há dois anos vem procurando a Prefeitura de Divinópolis, para tentar uma solução que coloque fim às péssimas condições da Rua. “É uma rua curta, não tem nem 100 metros, já procuramos a Prefeitura e, inclusive, os vereadores. Aqui não tem rede de esgoto ligada, não tem calçamento – o que, em época de chuva, nos prejudica muito entrar e sair de nossas residências, devido ao excesso de barro. Buscamos uma solução, porque já estamos buscando na prefeitura há dois anos e até agora nada”, afirma.
Ainda de acordo com Fernando, essa semana mesmo ele passou por um transtorno ao sair de casa. “Por volta das 17h da última quarta-feira, caiu uma chuva forte, eu fui tirar o carro da garagem, com minha filha de um ano e quatro meses dentro, e o carro ‘patinou’ no barro. Fora a sujeira que a garagem fica por conta do barro que entra” contou.

 

 

PROMESSAS

De acordo com o morador, a promessa da Prefeitura seria de que, junto da entrega do Centro Esportivo, seria feito também uma obra de calçamento nas vias ao entorno do centro. “Já conversamos com o Rodrigo Resende muitas vezes, minha mãe mora perto da Prefeitura e me ajuda com os protocolos, temos vários”, destaca Fernando.

 

 

PERIGO

Fernando chama a atenção ainda para os possíveis criadouros de dengue, nos lotes vagos principalmente, e naquelas residências cujos donos não moram lá mais e o imóvel está fechado. “Denunciamos os lotes que estão com o mato bem alto. Fazemos a nossa parte, mas não depende apenas de uma ou duas pessoas lutar contra a dengue. A equipe aqui do posto é até acessível, mas muitas coisas que só eles também não podem fazer. A Prefeitura mesmo passou um trator aqui no espaço da praça e deixou um monte de entulho, a população também tem que ajudar, é claro”, encerra.

 

 

PROJETOS

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura, o CEU será entregue em maio, porém, a instituição ainda trabalha para buscar recursos os quais serão destinados a pavimentação da Rua Levindo Eustáquio. A assessoria disse ainda que orienta a população a buscar a associação de moradores, para que, por meio do presidente, tais reivindicações sejam formalizadas na Prefeitura.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.