quinta-feira, 11 de Outubro de 2012 13:01h Erik Ulysses

Menina estuprada em Pitangui passa por cirurgia de reconstrução da face e segue internada na UTI

A menina de dez anos que foi estuprada e agredida na cidade de Pitangui continua internada na UTI do Hospital Jaó XXIII, em Belo Horizonte. A menina teve traumatismo craniano e teve que passar por uma cirurgia para a reconstrução da face. De acordo com a assessoria do hospital a criança está consciente e continua em observação médica. O estado de saúde dela é estável e ainda não há previsão de quando a garota será transferida para um quarto.

 


O homem suspeito de estuprar a garota é conhecido como “Olho de Vidro” e trabalhava há cerca de 15 dias em um parque montado no bairro Chapadão, local onde a vítima mora com os pais as duas irmãs. O suspeito foi preso horas depois de ter cometido crime e foi levado para a Delegacia de Pará de Minas. Na noite de terça-feira ele foi transferido para o presídio Inspetor José Martinho Drummond, em Ribeirão das Neves a pedido da delegada Eliete de Carvalho, que está cuidando do caso. De acordo com a Polícia Civil, o acusado nega ter cometido o crime.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.