sexta-feira, 2 de Março de 2012 09:01h Atualizado em 2 de Março de 2012 às 10:10h. Marina de Morais

Mercado Municipal precisa de reestruturação

O Mercado Municipal de Divinópolis é hoje um marco dos comércios da cidade. Lá existe desde venda de frutas e verduras, barbearias, até bares e loja de roupas. Entretanto, a estrutura física do local ainda precisa de reparos e manutenção

O Mercado Municipal de Divinópolis é hoje um marco dos comércios da cidade. Lá existe desde venda de frutas e verduras, barbearias, até bares e loja de roupas. Entretanto, a estrutura física do local ainda precisa de reparos e manutenção. E no ano do centenário da cidade, o local ainda não possui planos para participarem do evento, como explica o síndico do Mercado Municipal, Humberto Pacelli.
De acordo com o síndico é preciso melhorar a estrutura do mercado e estabilizar sua administração para que possa fazer parte da agenda de eventos de comemoração do centenário.
Humberto, que é síndico há quase um ano, disse que foram feitos reparos no mercado, como a reforma dos banheiros. Entretanto ainda é preciso melhorar. O síndico conta que o local tem mais de 2.000 m². O Mercado, apesar de ser municipal, é uma propriedade privada. Como explica Humberto, a obra foi feita pela empresa Comercial Minas Gerais e as lojas foram compradas separadamente por seus proprietários. Os únicos valores pagos pelas lojas são a despesa de condomínio e o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).
Humberto diz que quer agendar uma reunião com o prefeito Vladimir Azevedo para que ele possa conhecer a situação atual do mercado. E também para que seja conversado sobre uma possível parceria com a prefeitura. Humberto diz que há o interesse do mercado em conseguir apoio da prefeitura da forma que ela puder disponibilizar. Ele diz que não precisa ser necessariamente em verba, pode ser em mão-de-obra, por exemplo, ou com a visita de um paisagista pra auxiliar nas formas de exibição das mercadorias e lojas. Ele diz que apenas assim, após uma reestruturação física do mercado, poderá ser pensada sobre a participação do estabelecimento como parte da comemoração do centenário.
Em relação às atrações do Mercado Municipal, Humberto ressalta que sempre há apresentações musicais no local. Ele conta que em janeiro houve shows durante todos os sábados. Já em fevereiro as apresentações foram quinzenais. Ele diz que as apresentações são pensadas de acordo com o volume de pessoas, principalmente porque em determinados períodos as pessoas viajam mais.
Em contrapartida, o prefeito Vladimir Azevedo disse que está disposto a ouvir responsáveis pelo Mercado e seus projetos para o local. Segundo ele, a prefeitura poderá se envolver com ações no local. Entretanto, ele reitera que o local não pertence à prefeitura, que se trata de uma propriedade privada.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.