terça-feira, 16 de Fevereiro de 2016 09:08h Pollyanna Martins

Moradores do bairro Quintino aguardam melhorias em rua há mais de 12 anos

A Rua São José dos Salgados liga o bairro aos bairros Campina Verde e Casa Nova, e está tomada por buracos

Os moradores do bairro Quintino esperam por melhorias na Rua São José dos Salgados há mais de 12 anos. O problema da via são os buracos que aparecem logo que as chuvas começam. Além dos buracos, que viraram pequenas piscinas, há também o mato alto às margens da rua. De acordo com a moradora, Ana Paula Freitas, o problema existe há anos, e até hoje não foi solucionado. A falta de limpeza no meio-fio da rua é o principal fator que faz com que o asfalto ceda. Sem ter para onde escorrer, a água fica empossada e os buracos se abrem na rua. “Falei que quero a limpeza primeiro, depois a recomposição do asfalto. Porque se não limpar, não adianta”, afirma.

 


A rua é a principal que liga o bairro Quintino aos bairros Campina Verde e Casa Nova. Nossa reportagem esteve no local e presenciou as manobras arriscadas que os motoristas precisam fazer para evitar danos em seus veículos. De acordo com Ana Paula, os buracos são tampados de tempos em tempos, mas sempre ressurgem, pois a água empossa no meio fio. “Essa rua faz ligação com os outros bairros, mas lá na divisa do Campina Verde com o [bairro] Casa Nova, a situação é ainda pior, o córrego está no nível da rua”, conta.

 


Cansada da situação, a moradora solicitou a presença do vereador Edimar Máximo (PHS) e do vice-prefeito, Rodrigo Resende, no bairro, para conhecerem de perto o problema e solucioná-lo. “Solicitamos a presença do Vereador Edimar Maximo e do Vice-Prefeito, Rodrigo Resende, ao local. O motivo: Não adianta simplesmente tapar os buracos da via [...], a água que vem da parte alta do bairro não tem para onde ir. Os bueiros estão escondidos, e é preciso que seja feita uma limpeza para que não se perca o trabalho e material usado para tapar os buracos”, avalia.

 


Apesar de a chuva ter dado uma trégua nos últimos dias, ainda dá para ver os reflexos das águas. Os buracos estão tomados por água e lama. Quem passa pelo local precisa ficar atento para não receber um banho dos motoristas mais apressadinhos. “Na época do [que colocaram o] asfalto, dei a sugestão de deixarem aberto, como é na [Rua] Anita Garibaldi, no [bairro] Catalão, mas me perguntaram se eu tinha diploma. Então é só chover que aqui vira brejo”, reclama. Além da Rua São José dos Salgados, a rua de entrada do bairro, José Tavares, também está tomada por buracos. A moradora denuncia ainda a situação da Rua Asa Delta, no bairro Campina Verde, que é de total descaso. “No [bairro] Campina Verde é a Rua Asa Delta, a principal, da linha de ônibus. A situação é parecida com a [rua] São José dos Salgados, é um brejo”, afirma.

 


PREFEITURA
Nossa reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Divinópolis, que informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que o bairro está incluído no cronograma da “Operação Tapa Buracos”, feito pela Secretaria Municipal de Operações Urbanas (Semop), mas será beneficiado após o centro da cidade receber os devidos reparos.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.