sexta-feira, 5 de Setembro de 2014 05:49h Atualizado em 5 de Setembro de 2014 às 07:51h. Lorena Silva

Moradores do Candelária questionam falta de pavimentação em trecho de rua calçada recentemente

A Rua Caraguatatuba, no bairro Candelária, foi uma das vias contempladas em Divinópolis pelo Programa Pró-Transporte, projeto que realiza obras de infraestrutura em diversos trechos do município.

A Rua Caraguatatuba, no bairro Candelária, foi uma das vias contempladas em Divinópolis pelo Programa Pró-Transporte, projeto que realiza obras de infraestrutura em diversos trechos do município. Algumas ruas do bairro ainda estão recebendo a pavimentação, mas as obras nessa rua terminaram na última sexta-feira (29). No entanto, uma parte da via não recebeu a pavimentação prevista e, por isso, os moradores questionam o motivo.


O trecho que não recebeu o calçamento faz parte do quarteirão final da Rua Caraguatatuba, que não tem saída. Segundo os moradores, os funcionários da Prefeitura alegaram que, como o trecho não possui rede de esgoto, não é possível fazer o calçamento até que esse problema esteja solucionado.


A auxiliar de serviços gerais, Maria Auxiliadora Santos, que mora no local há 20 anos, explica que os moradores reivindicam a pavimentação há muito tempo e não sabem ao certo porque somente o trecho onde moram não recebeu a intervenção. “Eu acho um absurdo só esse pedaço não receber o calçamento. A gente já lutou, já fez tudo. Só que dessa vez o prefeito veio aqui, falou que ia arrumar, mas ficou só na promessa”, conta.

 

 

 

PREJUÍZOS
A moradora, Fabiane Aparecida Costa, conta que além do problema da falta de rede de esgoto na rua, outra situação que os moradores precisam enfrentar diz respeito à poeira do local. A dona de casa tem três filhos pequenos e os mais novos, um de três anos e outro de nove meses, sofrem com problemas respiratórios. “A poeira atrapalha muito. Só de farmácia eu gasto R$ 300 todo mês com medicamentos.”
Em período de chuva, a situação também se agrava e os moradores não conseguem se locomover com facilidade pela via. “Tem dia que chove que não dá nem para sair de casa. Teve um dia que eu não fui trabalhar porque não tinha lugar para passar. Agora vem a época da chuva, como vamos fazer?”, questiona Maria Auxiliadora.

 

 

 

SOLUÇÃO
A Prefeitura esclareceu, por meio de sua assessoria de imprensa, que a Rua Caraguatatuba está contemplada no Programa Pró-Transporte e que realmente é necessária a colocação da rede de esgoto no local para viabilizar as obras de pavimentação. Segundo a Prefeitura, já foi feito um contato com a Copasa para que a rede seja colocada, o que a Companhia sinalizou que deve ser feito em um prazo dentro de 30 dias. Ainda de acordo com a Prefeitura, assim que a rede for providenciada as obras de calçamento serão realizadas no trecho.


Em contato com a Copasa, a empresa não soube responder se de fato esteve em contato com a Prefeitura para tratar do assunto, assim como não soube dizer se um prazo já foi estabelecido para a colocação da rede. Em nota, apenas disse que “uma equipe irá ao local para verificar a situação e tomar as medidas necessárias para regularização da rede esgoto.”

Crédito: Lorena Silva

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.