quinta-feira, 25 de Maio de 2017 18:31h Jornalismo -Comunicação Integrada

MPMG recomenda ao município de Divinópolis que não repasse verba para custear show



O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Divinópolis, expediu Recomendação ao município para que não custeie bilheteria de show a ser realizado no dia 4 de junho ou repasse qualquer valor para o evento Divinaexpô, em razão do estado de calamidade financeira e da existência de outras prioridades.

A medida foi adotada em razão de notícia de que a administração municipal irá custear show da Divinaexpô, evento realizado pelo Sindicato Rural de Divinópolis. No entanto, no dia 5 de abril, o Decreto Municipal nº 12.556 declarou estado de calamidade financeira no município, reconhecendo um déficit de mais de R$ 50 milhões e determinou a adoção de medidas para reequilibrar as contas públicas. 

Segundo o promotor de Justiça Gilberto Osório Resende, a situação exige a adoção de medidas de austeridade, com destinação de recursos para despesas classificadas como de real interesse público, o que não é o caso de shows e outras festividades.
 

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.