quinta-feira, 26 de Novembro de 2015 08:38h Atualizado em 26 de Novembro de 2015 às 08:44h. Mariana Gonçalves

Natal Solidário dos Maucas inicia temporada para recebimento de doações

A 4ª edição do Natal Solidário dos Maucas já está a todo vapor. O projeto atende crianças carentes, levando não só presentes aos pequenos, mas também um momento de muita alegria, regado a amor e carinho

O trabalho iniciado por Cleison Carvalho, Lucila Carvalho e Karla Nunes se mantém por meio de doações, sendo assim, o grupo conta com a população para que o projeto tenha condições de cumprir o seu papel com as crianças, assim como ocorreu nas edições passadas.
O Natal dos Maucas precisa arrecadar os seguintes donativos; Guloseimas para as sacolinhas surpresa, como: balas, pirulitos bombons, pipoca entre outros doces. Bolachas, bolinhos, sucos ou refrigerantes pequenos (para serem servidos de lanche). Além disso, o grupo pede que, quem puder, colabore doando brinquedos (novos ou em bom estado de conservação), roupas e livros – todos em bom estado de conservação.
O local de entrega das doações pode ser combinado com o grupo, por meio dos contatos: Lucila (37) 9 8833-0536 / Karla (37) 9 9923-9089 e Cleison (37) 9 8821-9237.
Na página virtual do projeto (https://goo.gl/LkAG3n), além de fotos e informações sobre as edições passadas, são postadas diariamente uma prestação de contas sobre as doações.

 

 

 

NATAL

O grupo de amigos conta com a ajuda de alguns parceiros, principalmente no dia da ação, para a entrega dos donativos. Esse ano, diferente das edições passadas, o Natal Solidário irá acontecer no dia 24 de dezembro. “Temos uma academia que nos ajuda recolhendo doações dos alunos, tem a turma da Cemig, que também tem um projeto, cada uma vai puxando do seu trabalho com a sua equipe de serviço. No dia da entrega, esses amigos mais próximos que nos ajudam saem em carreata com a gente, o Cleison se veste de Papai Noel e a Karla de Mamãe Noel e nós vamos fazendo a entrega das doações”, conta Lucila.
A alegria no olhar das crianças é algo indescritível para o Papai Noel Cleison. “É muito gratificante você vê como as crianças te olhando, quando estão perto de mim. Tem umas crianças que nos pedem algumas coisas impossíveis para dar naquele momento, mas, ainda assim, eles ficam muito felizes com aquele carrinho de plástico que entregamos, isso você vê nos olhos deles. Pelo menos para mim e para a minha esposa Karla, que fica na caminhonete, em contato direto ali com as crianças, é muito gratificante”, afirma.
Por enquanto, o grupo pretende atender uma entidade social e parte do bairro Niterói.

 

 

APOSTA QUE DEU CERTO...

O Natal dos Maucas surgiu da aposta de um cruzeirense (Cleison) e uma atleticana (Lucila), no início, a ideia era apenas um desafio de torcidas, mas depois, a ação se tornou algo bastante sério e solidário. “Era uma aposta e quem perdesse teria que pagar um valor, isso em 2012, e na ocasião, o Atlético ganhou o jogo, então o Cleison tinha que me pagar, não me lembro ao certo se era R$100 ou R$150, mas resolvi fazer uma outra proposta pra ele, que era ele se vestir de Papai Noel pra gente distribuir esse valor da aposta em sacolinhas surpresas. Lançamos isso no Facebook e foi crescendo, vários amigos entraram e começaram a nos doar dinheiro, alimentos e brinquedos, com isso, o projeto foi crescendo”, explica Lucila.
Além do propósito solidário, a união entre os dois principais times do Estado também foi uma bandeira levantada por este grupo. A amizade é o que prevalece aqui, “eles já estressaram assistindo uma partida e outra, mas brigar isso nunca aconteceu. Eu fico imparcial nesse meio, mas tanto ela quanto ele mantêm uma paixão enorme pelos seus times e, mesmo assim, se uniram para fazer o Natal”, afirma Karla. “Realmente estressamos às vezes, mas nunca brigamos. Somos muito amigos graças a Deus!” finaliza Cleison.

 

Créditos: Divulgação

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.