sexta-feira, 9 de Agosto de 2013 06:22h Atualizado em 9 de Agosto de 2013 às 11:40h. Daniel Michelini

Novo centro educacional possui capacidade para 250 crianças

Rápida e certeira. Assim pode ser definida a construção do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) no bairro Lagoa dos Mandarins. Consideravelmente novo na cidade, a comunidade vem obtendo um crescimento rápido, agradando a população local. A antiga

Rápida e certeira. Assim pode ser definida a construção do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) no bairro Lagoa dos Mandarins. Consideravelmente novo na cidade, a comunidade vem obtendo um crescimento rápido, agradando a população local. A antiga sede do CMEI do bairro era improvisada numa pequena casa, com capacidade bastante reduzida se comparada ao novo prédio.
Com a expectativa de atender até 250 crianças de toda a região, que engloba bairros como Icaraí, Eldorado e São Caetano, a prefeitura arcou com R$ 289.205,47, mais a doação do terreno e a terraplanagem. O Governo Federal apoio a obra custeando R$1.573.665,43, além de outros R$180 mil destinados a compra dos móveis para a escola.
Cléber Buglê, presidente da Associação de Moradores do Bairro Lagoa dos Mandarins, a construção do CMEI é mais uma grande conquista para a comunidade, pois tratava-se de um sonho de todos os moradores, não só do Lagoa dos Mandarins, mas também dos bairros adjacentes: “Hoje (ontem), inauguramos, com muito orgulho, a maior obra desde a inauguração do bairro, que é o nosso CMEI. Agradeço muito ao prefeito Vladimir Azevedo e ao Rodyson (presidente da Câmara Municipal) pela indicação. Estamos realizados com essa obra”, declarou.
Ele reforça que toda a região está sendo beneficiada: “A alegria das crianças é contagiante. Assim que eles entram na escola, ficam imensamente felizes. Os moradores estão extremamente satisfeitos. Os pais mostram e compartilham esse sentimento de alegria com todos”.
Contudo, ele espera que as obras de melhorias não parem por aí: “Estamos trabalhando cada vez mais para que o bairro continue o seu desenvolvimento. Só temos a ganhar com isso”. Em relação ao rápido crescimento do bairro, Cléber diz que tudo é fruto de um grande trabalho e destaca novos projetos: “Não estamos surpresos com esse constante crescimento, pois o bairro já possuía uma boa estrutura, com ruas asfaltadas e tudo mais. Estamos com projetos para construir uma quadra e a academia ao ar livre”.


COMODIDADE


A estrutura física do local é motivo de orgulho para a comunidade e ao município. É o que garante Eliana Cançado, Secretária de Educação do Município. De acordo com Eliana, entregar àquela região um prédio de tamanha significância é um motivo de muita felicidade: “Foi construído especificamente para entender as crianças, onde teremos condições de trabalhar e atender, com dignidade, os jovens alunos que aqui estiverem”.
Além disso, a secretária municipal de educação destaca que a estrutura permite conforto e segurança para as crianças e promete a inauguração de mais um Centro Educacional: “No fim do ano, deveremos entregar o CMEI do bairro Antônio Fonseca e, no ano que vem, os do Jardim Candidés, São Roque e Ermida”.
Desta maneira, Eliana opina que Divinópolis se torna referência no quesito educação infantil: “Vamos fazer o que é de nossa competência, pois a educação infantil é de responsabilidade apenas do município. Com essas unidades, não estamos apenas cumprindo a lei, mas satisfazendo as necessidades de cada região”, afirmou, lembrando a satisfação da população do bairro: “As crianças estão ansiosas. Falam, o tempo todo, que irão estudar numa escola nova, e não mais numa pequena casa. Quanto à comunidade, a receptividade vem sendo muito boa, pois valoriza as propriedades dos moradores”.
AULAS NA SEMANA QUE VEM
Presente na solenidade, o prefeito Vladimir Azevedo confirmou que, a partir de segunda-feira, as aulas passarão a ser ministradas já no novo prédio. Outro ponto destacado pelo prefeito é a modernização do ensino: “É com muita alegria que entregamos á comunidade da região uma unidade de educação ultramoderna, com padrões internacionais, dando oportunidade de darmos uma educação de qualidade para nossas crianças. Estamos alcançando metas antes previstas para 2016 em relação à inclusão de alunos nas escolas municipais. Com qualidade, avançamos na política de novas escolas de padrão elevado”.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.