quarta-feira, 5 de Agosto de 2015 10:35h

Operação Fênix reduz 44% números de roubo

A Polícia Militar divulgou nesta quarta-feira (05/08). os resultados da “Operação Fênix”

Com apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Divinópolis, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Associação Comunitária Para Assuntos de Segurança Pública (Acasp), VL!, Ministério Público e Poder Judiciário, o índice de criminalidade caiu.

Em 15 de junho foi realizada a mega operação na Região da Praça Candidés e com a migração dos usuários para as proximidades do Estádio Waldemar Teixeira de Faria, no Bairro Porto Velho, outra ação foi feita em 30 de junho.

“Ressaltamos a considerável redução dos crimes violentos contra o patrimônio nas proximidades da Praça Candidés, na região Central da cidade e, em alguns bairros vizinhos”, destacou o comunicado distribuído aos jornalistas.

De acordo com a PM, foi registrada a redução de 44% no número de roubos em 30 dias após a operação nas proximidades onde foram realizadas as operações. O período analisado foi de 10 junho à 9 de julho, no confronto com os 30 dias anteriores a operação.

Ainda na mesma base de comparação, de acordo com a PM, Divinópolis apresentou redução de 11,5% nos roubos consumados a pedestres e de 13,7% nos roubos em geral.

O comunicado distribuído aos jornalistas destacou o empenho da Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Divinópolis. “Entre os resultados obtidos com as ações desenvolvidas nas duas operações e ainda nas intervenções rotineiras que vem sendo feitas por meio de abordagens sociais pela equipe de Assistência Social da Prefeitura, destacamos o encaminhamento de vários indivíduos para o centro de acolhimento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, outros para o Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas (CAPS/AD), que aceitaram voluntariamente se submeterem a um tratamento de recuperação, principal objetivo da operação”, destacou o comunicado.

A PM ainda informou que as operações preventivas e repressivas continuam por meio da ação de presença ostensiva da Polícia Militar e das operações conjuntas com os demais órgãos envolvidos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.