terça-feira, 20 de Março de 2012 11:49h Vinicius Soares

Outono traz temperaturas baixas

Entrada de nova estação traz frente fria, baixas temperaturas serão constantes nos primeiros dias

Em meio a um tempo cada vez mais instável, o clima está sujeito às adversidades climáticas em circunstância do comportamento humano e natural ao decorrer dos anos.
Um dos maiores agravantes é o aquecimento global, responsável pelas temperaturas extremas, isto é, muito calor no verão e muito frio no inverno, além do que seria considerado normal pelas médias históricas. Segundo estudiosos do Massachusetts Institute of Technology, MIT, esse fenômeno será cada vez mais comum nos próximos anos.
Na véspera da entrada do Outono, ontem, (19), o dia começou nublado, com chuviscos ocasionais em toda região. Apesar de toda essa nebulosidade presente em Divinópolis, o Sol ainda pode aparecer, mas isso ocorrerá sempre em meio a muitas nuvens. A temperatura não vai se elevar muito e a máxima não deve passar de 26°C. A probabilidade pluviométrica é de 99% e começará a diminuir aos poucos a partir do anoitecer ficando o volume máximo de precipitação em torno de 10mm.
Uma frente fria manterá o tempo nublado com pancadas de chuvas em diversas regiões de Minas Gerais. Em vários pontos são esperados volumes significativos. As temperaturas continuarão amenas em boa parte do estado, incluindo a região de Divinópolis.
O observador meteorológico, Marius Costa falou sobre a entrada da nova estação e disse que as pessoas não precisam se assustar com a mudança brusca de temperatura.
“O outono assim como a primavera é uma estação de transição com características mistas, assim como no verão e no inverno. Atualmente, não é porque é Verão que sempre fará sol ou porque é Inverno, não fará frio constantemente.
O clima está mais instável. Apesar do calor nas tardes, notoriamente as noites ficarão mais frias, principalmente nas madrugadas, com quedas bruscas de temperatura. O curioso é que com a mudança da estação nos dois primeiros dias, ocorrerá o equinócio, em outras palavras, os dias terão manhãs e noites com a duração exata de 12 horas. A partir do dia 22, as noites serão mais longas e os dias mais curtos, isto até a chegada do inverno, pois, neste período as noites costumam durar aproximadamente 14 horas. Hoje a claridade solar permanece com o prazo de 12 horas, por conta da rotação da terra ao redor do sol (translação), o eixo terrestre interfere aos 23.6º. É o fator relevante para a questão da duração dos dias.” esclareceu Marius. 

O outono

O outono é a estação do ano que sucede ao verão e antecede o inverno. É caracterizado por queda na temperatura, e pelo amarelar das folhas das árvores, que indica a passagem de estações (exceto nas regiões próximas ao equador).
O Outono do hemisfério norte é chamado de "Outono boreal", e o do hemisfério sul é chamado de "Outono austral". O "Outono boreal" tem início, no hemisfério norte, a 22 ou 23 de Setembro e termina a 21 ou 22 de Dezembro. O "Outono austral" tem início, no hemisfério sul, a 20 de Março e termina a 20 ou 21 de Junho.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.