segunda-feira, 4 de Março de 2013 05:37h Mariana Gonçalves

Palestra sobre como cuidar de idosos será apresentada em Divinópolis

Com o objetivo de promover a capacitação e fornecer ajuda a população. A Associação dos Cuidadores de Idosos de Minas Gerais, traz a Divinópolis palestra que será ministrada no Espaço Vida

Cuidar de idosos pode parecer uma tarefa fácil, mas, nem sempre é assim. O mercado ainda carece de profissionais qualificados para atuar nesse campo. Visando promover a capacitação e fornecer ajuda a população nesse sentido, a Associação dos Cuidadores de Idosos de Minas Gerais, traz a Divinópolis uma palestra sobre como cuidar de pessoas idosas.
O evento será realizado na próxima segunda-feira (4) às 19h no Espaço Vida, localizado na avenida Paraná, nº1008, no bairro Sidil. É valido ressaltar que a entrada é aberta a toda a população da cidade e região.
Em entrevista a equipe de reportagem da Gazeta do Oeste, o cuidador de idosos Jorge Roberto Afonso de Sousa Silva, disse que o país vive um período de envelhecimento, e a população que já enfrenta dificuldade para achar quem saiba cuidar de idosos precisa se preparar e se especializar mais nessa área. “As pessoas tem que pensar como e quem cuidará delas no futuro. Elas tem que pensar se seus filhos vão poder, e querer cuidar. Então pensando nisso e tendo como bases as pesquisas já realizadas. A gente sabe que boa parte dessas pessoas serão cuidadas por pessoas de fora da família. Por isso, a sociedade tem que começar a capacitar essas pessoas agora”afirma.
A palestra irá tratar de temas bastante relevantes nos dias de hoje, além da falta desse profissional no mercado. Outro ponto relevante é o quanto essa profissão tem sido promissora para quem decide ingressar nela.
Conforme o cuidador de idosos que irá ministrar a palestra, as discussões serão para ensinar, capacitar e ajudar a população. Além de estreitar laços com o município para que a associação conquiste mais cuidadores para o mercado. “Um dos objetivos da entidade é justamente criar com essas cidades polo como Divinópolis, um local onde o cuidador possa se cadastrar, e também conhecer nosso trabalho para se especializar”explicou Jorge Silva.
Ainda de acordo com Silva existe um projeto de lei que visa a regulamentação da profissão “Cuidador de Idosos”. Esse projeto determina as possíveis áreas de trabalho que o cuidador pode atuar. “Para si ter uma ideia, ele poderá atuar em eventos culturais como cinema, teatro, shows, além de poder trabalhar diretamente nos hospitais, podendo atuar em agências de turismo que aliás eu acho que seria um grande nicho de trabalho. Muitos idosos praticam o turismo, porém ainda tem várias pessoas que deixam de fazer essas viagens por uma pequena dificuldade de locomoção. Esse projeto sendo aprovado, futuramente as agências de viagens terão muitos cuidadores sendo contratados”explica.
A especialização deve acontecer principalmente para evitar futuros problemas, a família deve se manter alerta com o profissional que está contratando. Pois muitas pessoas utilizam dessa profissão para furtar, maltratar e até abusar dos idosos. Para o representante da associação dos cuidadores de idosos, a família deve sempre buscar informações de trabalho e informações pessoais da pessoa a qual estiver contratando, e  optar sempre por cuidadores que estejam qualificados.

 

GESTO DE AMOR


A Associação dos Cuidadores de Idosos de Minas Gerais, atualmente se localiza em Belo Horizonte e esse ano completa sete anos de existência. Conforme Jorge, a associação funciona da seguinte forma, “nos qualificamos o cuidador, orientamos essa pessoa e encaminhamos esse cuidador para o mercado de trabalho. Lembrando que nos acompanhamos o trabalho dele, e também prestamos um atendimento personalizado às famílias. Pois visitamos a família, identificamos o profissional que ela deseja, após a identificação desse profissional nos selecionamos o cuidador. Fazemos também um trabalho de atendimento a pessoas carentes. Para estas pessoas que não podem pagar, nosso trabalho é feito de forma gratuita. Junto a prefeitura de Belo Horizonte temos  um convênio para contratar cuidadores que atendam  idosos carentes. Ou seja, nós contratamos e disponibilizamos gratuitamente o cuidador pra esta pessoa. Temos também campanhas educativas, que realizamos com a população”conclui Jorge.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.