sexta-feira, 7 de Setembro de 2012 09:30h Luciano Eurides

Palmeiras chega aos 82 anos cheio de vida

O Palmeiras do bairro Afonso Pena comemora nesse dia 7 de setembro 82 anos de fundação e 78 de futebol. Em 1930 foi fundado Palmeiras Futebol Clube, vários problemas, sempre decorrentes da precariedade financeira, foram obstáculos para o progresso do clube, exigindo grande esforço e até mesmo os atletas pagavam mensalidade e somente em 1934 os fundadores viram o clube organizado, com campo de futebol e sede própria.

 


Toda a história do clube, lutas, paralisações, problemas com a localização podem ser encontrados no Livro de Ouro, volume I, que conta a história dos primeiro cinquenta anos do clube, o exemplar pode ser adquirido na Sede do Clube, no bairro Afonso Pena.

 


A importância do alviverde do Afonso Pena vai além da formação física, tática e adentra na inserção social. Com todas as categorias em atividade, de pré mirim a sênior, com disputas que vão desde a tradicional pelada a competições interestaduais o clube forma jogadores e cidadãos. A maior preocupação é a educação. Todos alunos/atletas devem estar frequentes nas aulas, uma sala de multimídia está em fase de término, esta será usada para a colocação de computadores e internet para o desempenho das atividades escolares.

 


É comum no Clube a existência de atletas de capacidade econômica modesta. Cada atleta contribui financeiramente dentro das possibilidades e muitos não possuem condições para isso e outros até mesmo recebem uma ajuda financeira. Embora nunca divulgado, é notório e sabido da distribuição de cestas básicas para atletas mais carentes. A diretoria não confirma, ou divulga e muitas vezes apenas os mais íntimos do clube ficam sabendo. Um trabalho silencioso que faz a diferença na vida esportiva e familiar.

 


A inserção social começa com o amanhecer do dia, ao passar pelo estádio Pelezinho, já nas primeiras horas do dia, crianças estão em busca de uma diversão, o estádio Pelezinho é hoje uma das poucas áreas com espaço para o desenvolvimento de atividades físicas. O treinador Waltinho é o responsável de acolher essas crianças, as prepara desde os primeiros chutes até a presença dele nas categorias em disputa. Atualmente o clube joga todas as categorias da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis, onde é filiado desde 1935, seis categorias no Instito Mineiro de Escolinhas de Futebol (Imef) e ainda a participação na Taça Pará de Minas e Gazetinha, competição Capixaba com a presença de grandes clubes do Brasil.

 


As novidades não param de chegar, o futebol feminino cresce em quantidade e qualidade e Palmeiras é hoje uma das mais fortes equipes do centro oeste mineiro na categoria adulto feminino.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.