sexta-feira, 8 de Julho de 2016 15:28h Atualizado em 8 de Julho de 2016 às 15:36h.

Pedro X. Gontijo é o autor homenageado na FLID 2016

“Pai” de Divinópolis recebe as honrarias na terceira edição da Festa Literária

Os aficionados pela literatura já podem separar seus livros usados que poderão ser trocados por convites para bate-papos com grandes autores nacionais. Na próxima terça-feira (12/07) será realizado o lançamento da terceira edição da Festa Literária de Divinópolis, a FLID, para a imprensa e convidados. Na ocasião serão divulgados os nomes que estarão presentes na cidade no mês de agosto, assim como as datas, a programação oficial e a forma do público obter os convites para as atrações.

 

 

 

A FLID tem o objetivo de incentivar o gosto pela leitura e trazer grandes autores para o debate e a proximidade com a população do centro-oeste mineiro. Como nas duas primeiras edições, há um autor local homenageado, a fim de preservar a memória e o legado dos grandes nomes da cultura divinopolitana. O agraciado na edição 2016 é Pedro Xavier Gontijo, ou apenas Pedro X. Gontijo, um dos nomes mais importantes da história da cidade. Em 2014, Adélia Prado foi a autora homenageada e, em 2015, Ataliba Lago recebeu as honrarias.

 

 

Pedro X. Gontijo é uma das figuras mais importantes nos 104 anos de Divinópolis. Foi nomeado, pelo então Presidente de Minas Gerais (equivalente hoje ao cargo de Governador), Olegário Dias Maciel, como o primeiro prefeito da cidade. Antes, porém, já liderava, junto ao Major Francisco Machado Gontijo e ao Padre Matias Lobato, e com o apoio popular, a luta pela emancipação da então Vila Henrique Galvão, desde 1909.

 

 

 

Um homem à frente do seu tempo

O autor homenageado da FLID 2016 nasceu em 1886 em Água Limpa, município de Itapecerica/MG. Estudou Farmácia em Ouro Preto/MG e voltou ao Arraial do Divino Espírito Santo (outro nome de Divinópolis antes da emancipação) após a conclusão do curso. Com grande participação no desenvolvimento da cidade, Pedro X. Gontijo é considerado por muitos como o “pai” de Divinópolis. Entre alguns de seus principais feitos para a cidade, destacam-se a implantação do aeroporto municipal, em 1947, e o início da construção de obras para melhorias na vida da população, como água encanada, rede de esgoto, calçamento e implantação do atendimento da saúde pública.

 

Outra grande realização de Pedro X. Gontijo foi a instalação da primeira usina de álcool motor da cidade, que se tornou referência para o país produzindo a partir da mandioca. Coincidentemente, a então Usina Gravatá hoje abriga o Teatro Municipal Usina Gravatá, palco de várias atrações da FLID 2016.

 

Pedro X. Gontijo, além da carreira como farmacêutico e político, foi um grande escritor. Militante da imprensa local por toda a vida, foi responsável pela publicação de diversos boletins nos primeiros anos da cidade. Seu estilo característico e incisivo de redação já foi ressaltado por diversos historiadores do município. Ele ainda escreveu e publicou o livro “Epítome da História de Divinópolis”, que narra a sua contribuição e de outros formadores de opinião da época para o desenvolvimento da cidade. Ele faleceu em 1965 e é considerado até hoje um homem à frente do seu tempo.

 

 

Serviço

A FLID é realizada pela Gulliver Editora e livraria Boutique do Livro. A terceira edição da Festa Literária de Divinópolis será realizada com recursos provenientes da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e patrocínio da Katuxa Calçados. O evento oferece ampla programação com entrada gratuita para todas as idades. A programação completa estará disponível no dia 13/07 no site: www.flid.com.br.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.