sábado, 12 de Setembro de 2015 06:56h Atualizado em 12 de Setembro de 2015 às 06:58h. Jotha Lee

Pesquisa aponta Divinópolis como a 10ª melhor cidade de Minas para investimentos imobiliários

Para mostrar as melhores cidades para investir em imóveis no Brasil, a consultoria Prospecta Inteligência Imobiliária acaba de divulgar um levantamento feito em todos os municípios do país com menos de um milhão de habitantes (99% das cidades brasileiras

 De acordo com a Prospecta, essas cidades devem se destacar no mercado imobiliário brasileiro nos próximos meses e anos por possuir não só uma demanda aquecida, como também de qualidade.
De acordo com o levantamento, as 100 cidades brasileiras com melhores oportunidades para investimentos em imóveis apresentam características comuns, como renda per capita elevada, população com alto nível de instrução e de vínculo empregatício, um número considerável de empresas atuantes e déficit imobiliário elevado.
A pesquisa teve como foco o consumidor. Assim, em vez de mostrar o preço médio dos imóveis e outras informações que dizem respeito às unidades que já foram ofertadas, o indicador analisa quem está na ponta da cadeia, isto é, os consumidores, destacando as regiões do país cujas populações têm mais condições de adquirir produtos imobiliários em um futuro próximo.
Minas Gerais tem 10 cidades entre as 100 indicadas pelo estudo com melhores oportunidades de investimento em imóveis. O destaque fica para Uberlândia, a primeira colocada em Minas e a 8ª no país. De acordo com a pesquisa da Prospecta, a melhor cidade brasileira para investimentos imobiliários é São Bernardo do Campo, no ABC paulista, seguida de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Em terceiro lugar aparece Niterói, no Rio de Janeiro, vindo em quarto lugar João Pessoa, capital da Paraíba, e em quinto, Santo André, mais uma cidade do ABC Paulista.

 

DIVINÓPOLIS
Divinópolis aparece em 10º lugar no Estado e na 95ª posição nacional. Entretanto, essa não é a melhor colocação da cidade. Segundo Cleber Adriano de Carvalho, Delegado do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis, a cidade já obteve colocação mais expressiva. “Divinópolis sempre manteve uma linha diferenciada no mercado. Já chegamos a ser a quarta ou quinta no mercado mineiro no auge ocorrido em 2008 e 2009”, afirma.
Segundo o delegado, a crise econômica do país afetou o mercado de imóveis. “O mercado hoje em Divinópolis está instável, como no resto do país, não por influência dos produtos disponíveis, mas pela insegurança do investidor em fazer aplicações em imóveis”, explica. Cléber Adriano afirma que é um erro deixar de comprar um imóvel agora. “Quanto mais instável estiver o mercado, melhor é para comprar e o sistema de análise do investidor em imóvel está diferenciado hoje. Ele está sendo sugestionado negativamente, mas a melhor hora de comprar um imóvel é numa suposta crise”, garante.
O levantamento feito pela Prospecta, indica que Divinópolis tem um déficit habitacional de 30%, o que corresponde a uma média de seis mil moradias. O levantamento classifica como “ótimo” o potencial da cidade para investimento em imóveis de todos os padrões. Cléber Adriano assegura que a cidade tem muitos fatores positivos para quem quer investir no setor. “Mão de obra, terrenos planos, infraestrutura adequada e é uma cidade localizada estrategicamente, entre a capital mineira e a saída para o Sul de Minas”, analisa.
Embora a cidade tenha essas características, o mercado imobiliário passa por um compasso de espera. “A melhor hora de comprar é agora, pois existe uma sonolência no mercado. Quem está vendendo hoje é porque precisa vender e quem quer comprar deve aproveitar, pois nessa instabilidade a hora de negociar entre comprador e vendedor é agora”, enfatiza o delegado do Conselho Regional de Corretores de Imóveis. “Tudo que estava um pouco acima do valor de mercado, voltou ao preço da avaliação normal”, acrescenta.
Cleber Adriano de Carvalho informa que na região Central da cidade, o preço do metro quadrado construído, em imóvel de alto padrão e já pronto para morar, está hoje em R$ 5 mil. Já para imóveis de alto luxo, esse valor sobe para R$ 6 mil. Em bairros mais destacados, como Sidil, Santo Antônio, Bom Pastor e Ipiranga, o metro quadrado sai a R$ 3,5 mil.

Veja as posições das 10 cidades de Minas classificadas entre as 100 do país para melhor investimento em imóveis

CIDADE NO ESTADO NO PAÍS
Uberlândia 1ª 8ª
Contagem 2ª  16ª
Juiz de Fora 3ª 25ª
Uberaba 4ª 45ª
Betim 5ª 49ª
Sete Lagoas 6ª 77ª
Ipatinga 7ª 80ª
Montes Claros 8ª 85ª
Ribeirão das Neves 9ª 89ª
Divinópolis 10ª 95ª

 

Fonte: Prospecta Consultoria Imobiliária
Créditos: Jotha Lee
Créditos: Jotha Lee

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.