sexta-feira, 5 de Agosto de 2016 13:36h Jotha Lee

Pesquisa coloca Domingos Sávio entre os parlamentares mais influentes do Congresso Nacional

Deputado divinopolitano é incluído na lista pelo terceiro ano consecutivo

POR JOTHA LEE

jotalee@gazetaoeste.com.br

 

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) acaba de divulgar a lista dos parlamentares mais influentes do Congresso Nacional. A lista contém 100 parlamentares, entre deputados e senadores, que segundo o Diap, “conseguem se diferenciar dos demais”. Para integrar o seleto grupo dos mais influentes do Congresso, o parlamentar precisa ter a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo conhecimento, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão.

A lista dos mais influentes do Congresso contém sete nomes de Minas Gerais, sendo cinco deputados e dois senadores. Os deputados, pela ordem alfabética são Aelton Freitas (PR), Domingos Sávio (PSDB), Júlio Delgado (PSB), Linconl Portela (PRB), Marcus Pestana (PSDB) E Paulo Abi-Ackel (PSDB). No Senado, foram apontados Aécio Neves e Antonio Anastasia, ambos do PSDB.

No seu segundo mandato como deputado federal, Domingos Sávio é apontado pela pesquisa como um dos “cabeças” do Congresso Nacional pelo terceiro ano consecutivo. Em 2014, o deputado mineiro ficou entre os 12 novos parlamentares mais atuantes e influentes do país, dentre 513 deputados federais e 81 senadores. Em 2015, Domingos manteve a boa atuação e ficou entre os cinco deputados mineiros com maior influência. Esse ano, ele repete o desempenho do ano passado e mais uma vez está entre os sete parlamentares mineiros com maior influência em Brasília.

 

METODOLOGIA

 

A metodologia utilizada na identificação e classificação dos parlamentares considera critérios qualitativos e quantitativos que envolvem aspectos institucionais, reputacionais e decisionais, além da abordagem da não-decisão. O método de investigação empregado afasta a subjetividade, eliminando qualquer vício, discriminação ou preferência de natureza partidária, doutrinária, ideológica ou econômica em relação aos parlamentares pesquisados. A pesquisa do Diap classifica os parlamentares em cinco categorias: debatedores, articuladores/organizadores, formuladores, negociadores e formadores de opinião. A classificação adotada tem por finalidade evidenciar as habilidades dos parlamentares que influenciam, decidem e sustentam as decisões do Poder Legislativo. Domingos Sávio foi classificado como debatedor.

Ontem, Domingos Sávio disse ao Jornal Gazeta do Oeste que a indicação aumenta sua responsabilidade. “O reconhecimento de que estamos tendo um bom desempenho em Brasília, a ponto de destacar entre os 513 deputados pelo terceiro ano, aumenta cada dia mais a minha responsabilidade em fazer um trabalho sério como eu procuro fazer em defesa do Brasil e representar com dignidade, representar de maneira correta e firme, o povo mineiro, o povo de Divinópolis, de todas as regiões de Minas, que mais uma vez confiaram em mim para representá-lo”, afirmou.

Disse ainda que a indicação o torna ainda mais consciente no exercício do mandato. “Para mim, ser um dos deputados mais votados de Minas é algo de extrema responsabilidade, mas ser reconhecido pela mídia nacional, como um dos deputados mais atuantes do Congresso, me deixa feliz e ao mesmo tempo cada dia mais ciente da responsabilidade que eu tenho”, salientou. “Quem representa o povo mineiro não pode vacilar, tem que estar firme, atuante, coerente, defendendo um Brasil melhor, combatendo de maneira firme a corrupção e lutando por uma política melhor par ao Brasil”, finalizou.

 

O QUE É O DIAP

 

O Diap foi fundado em 19 de dezembro de 1983 e estruturado para atuar nos Poderes da República, em especial no Congresso Nacional e, excepcionalmente, nas assembléias legislativas e câmaras de vereadores, no sentido da institucionalização, da transformação em normas legais das reivindicações predominantes, majoritárias e consensuais da classe trabalhadora. É um instrumento dos trabalhadores que foi idealizado pelo advogado trabalhista Ulisses Riedel de Resende, atual Diretor-Técnico da entidade. É constituído, hoje, por cerca de 900 entidades sindicais de trabalhadores congregando centrais, confederações, federações, sindicatos e associações distribuídas em todos os estados do País, das quais 90 são de Brasília.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.