segunda-feira, 13 de Agosto de 2012 15:55h Gazeta do Oeste

PM prende dois irmãos suspeitos de tráfico de drogas em Divinópolis, MG

 A Polícia Militar (PM) prendeu na noite desta sexta-feira (10), dois jovens suspeitos de comandar um ponto de tráfico de drogas, no Bairro Alto São João de Deus em Divinópolis, no Centro-Oeste do estado.

Os dois rapazes que foram presos são irmãos. Um tem 18 anos e outro 19. Com eles a polícia encontrou 20 pedras de crack, quatro celulares, R$ 940 em dinheiro e material usado para embalar drogas. "Esses dois jovens seriam os dois últimos traficantes dos mais fortes do bairro. Só eles estavam faltando na nossa lista", informou o tenente Imer Alves.

No sistema de denúncias do 181 já havia um relato de tráfico contra eles. " Através das denúncias obtemos as informações com mais detalhes o que facilitou as apreensões e as prisões" disse o tenente.

Depois de registrar a ocorrência, a Polícia Militar seguiu para o Bairro Porto Velho para uma operação contra crimes. Em becos localizados ao lado do estádio Waldemar Teixeira de Faria, a PM estava em busca de traficantes que vendiam drogas no Carrapateiro, local próximo ao pontilhão sobre o Rio Itapecerica que ficou famoso pela grande quantidade de usuários de crack que viviam no local.

Após desativação do Carrapateiro muitos usuários de drogas foram para uma região próxima ao campo do Guarani. No local foram encontradas roupas e cobertores de pessoas que dormem na passarela, e a PM esperava encontrar drogas justamente nesta região. " O local é conhecido como ponto de tráfico de drogas. Recebemos várias denúncias nessa região", contou o sargento Ademar Cristiano de Souza .

Durante o presença da PM no local foram feitos alguns disparos de fogos de artifício. A polícia não confirma e nem descarta a hipótese de que este seja um método utilizado por pessoas que alertam os criminosos que a PM está no lugar. O intuito dessas ações também é de coibir as tentativas de homicídio na cidade. " Desde o início do mês estamos com essa operação para prevenir crimes e os homicídios na cidade", finalizou o sargento.

 

 

 

 

 

 

G1

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.