sábado, 17 de Novembro de 2012 04:49h Erik Ulysses

Polícia Militar de Divinópolis prende três por desmanche de veículos no bairro Antônio Fonseca

Na ultima quarta-feira (14) a Polícia Militar localizou um desmanche de automóveis no bairro Antônio Fonseca e prendeu três homens que seriam os responsáveis pelo local. A ação ocorreu por volta 14h40 na Rua Rosa Viterbo Gontijo. No local foram encontrados ao menos quatro carros que são produtos de roubo sendo desmanchados, além de diversas peças e placas de automóveis furtados e roubados.

 


Segundo o tenente Thiago Faria, a PM chegou até o local depois de várias denúncias feitas pela população. “Nós recebemos informações inicialmente através do disque denúncia e depois recebemos ligações telefônicas também, de que o indivíduo estaria saído do local aqui em uma Fiorine branca. Foi procedida a abordagem nesse indivíduo em seguida nós deslocamos aqui para o local, onde encontramos mais dois indivíduos. A princípio são quatro veículos produtos de furto ou roubo e diversas peças e de veículos e também diversas placas. E essas placas são todas de veículos furtados daqui de Divinópolis ou de cidades da região” contou o tenente.

 


O tenente disse ainda que foram encontradas onze placas de veículos furtados ou roubados, além de terem sido apreendidas várias ferramentas utilizadas para o desmanche, bem como diversas peças de automóveis. De acordo com ele, após os desmanches, as peças dos automóveis eram revendidas em um ferro velho da cidade. “Segundo informações de um dos rapazes que foram presos, que disse ser o responsável por este estabelecimento que funcionava como desmanche de veículos, ele recebia esses veículos de outras pessoas e depois ele repartia esses veículos aqui, ou seja, ele retirava as peças e posteriormente eles vendiam em um ferro velho que ele possui aqui em Divinópolis” afirmou.

 


O tenente Thiago orientou que as pessoas fiquem atentas à origem de peças que são compradas em ferros velhos e lembrou ainda que os crimes relacionados a furto/roubo de veículos são fomentados por pessoas que adquirem essas peças roubadas, muitas vezes sem saber de sua procedência.  “Nós orientamos o cidadão de bem que adquirem essas peças em ferros velhos para terem o devido cuidado e não adquirir uma peça que é de um produto furtado ou roubado. Infelizmente existem muitos crimes relacionados a veículos por que existe um mercado paralelo de pecas usadas e quem compram essas peças são cidadãos de bem”.

 


O tenente falou ainda da importância da população para a solução deste e de outros crimes e pediu para que a população continue denunciando.  “A gente reforça junto à população que continuem denunciando, utilizando o DDU, que é o disque denúncias 181, e repassando todas as informações que tiverem a respeito de qualquer situação anormal que aconteça nas proximidades da sua residência ou mesmo que eles saibam por qualquer outro motivo. Porque é a população que detêm essas informações” concluiu.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.