sexta-feira, 18 de Março de 2016 10:04h Mariana Gonçalves

População declara guerra contra a dengue

Hoje serão distribuídos para os moradores do bairro Serra Verde sacos plásticos para a coleta de objetos que possam acumular água parada

Amanhã, com o auxílio de um caminhão e dos agentes de endemias, haverá um arrastão de limpeza. Ação que conta, também, com o apoio das associações de moradores, será das 8h ao meio dia.
Os trabalhos de combate ao Aedes aegypti estão ocorrendo em praticamente todos os bairros da cidade, no Serra Verde, as ações de mobilização ocorrem desde o início desta semana.
Segundo a gerente do setor sanitário da Semusa, Mariana Calisto, a iniciativa visa à prevenção não só da dengue, mas também do Zika e Chinkungunya, que são causadas pelo Aedes. “Para isso, estamos focando na eliminação dos criadouros onde este mosquito se desenvolve. Esta ação também tem por objetivo a conscientização da população da região do Serra Verde e Conjunto Habitacional Oswaldo Machado. Os moradores são parceiros fundamentais no combate a estas doenças”, explica a gerente.

 

 

PANELAÇO

Ontem, os estudantes da Escola Municipal Padre João Bruno, popularmente chamada por Caic, juntamente com funcionários da Estratégia Saúde Família (ESF) Serra Verde e ESF Oswaldo Machado, realizaram uma passeata nas principais ruas do bairro. Com a ajuda de um carro de som, cartazes, faixas e apitos, toda essa equipe saiu pelas ruas alertando à população a necessidade de acabar com o mosquito Aedes aegypti.

 

 

 

EM OUTROS BAIRROS

Os alunos do internato em Medicina de Família e Comunidade que atuam na ESF Nilda Barros, juntamente com o Prof. Ricardo Alexandre de Souza, participarão hoje, das 8h ao meio dia, de um mutirão contra a dengue.
A ideia é unir forças entre os profissionais de saúde e a comunidade para tentar impedir o aumento no número de casos de dengue no município, e particularmente na região do bairro Quintino. Com o apoio da SETRANS, será realizada uma blitz a partir das 6h30, na entrada do bairro Quintino, onde serão distribuídos materiais informativos e sacos de lixo. Em seguida, a equipe partirá caminhando pelo bairro, recolhendo lixo, buscando possíveis focos do mosquito nas casas e terrenos vagos do bairro.

 

 


O mutirão deverá acontecer durante toda a manhã e a equipe convida a todos os interessados em participar a comparecerem.
Amanhã, a partir das 8h, haverá blitz em frente à Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa). Será feita abordagem junto aos motoristas, com a distribuição de material orientando no combate ao Aedes.
O boletim de monitoramento da dengue na cidade, divulgado nesta quarta-feira (16/03), revela que em Divinópolis o registro de casos prováveis de dengue totaliza 1.891.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.