sábado, 7 de Março de 2015 05:25h Atualizado em 7 de Março de 2015 às 05:31h. Lorena Silva

Preço mais barato da gasolina pode mascarar prejuízos do condutor

Em Divinópolis, preços da gasolina em postos sem bandeira podem ser até R$ 0,12 mais barato do que a média

Os reajustes que ocorreram recentemente no preço da gasolina têm levado muitos consumidores a procurarem uma maneira alternativa para fugir do valor do combustível. Uma delas seria abastecer em postos sem bandeira, que podem apresentar valores bem abaixo da média. Mas será que compensa se arriscar e adquirir um combustível em um local que deixa em dúvida se possui a mesma qualidade de um posto com bandeira?
Na opinião do mecânico Edney Antônio dos Santos, não. Ele explica que o posto de gasolina não possuir bandeira já implica na possibilidade de que o combustível oferecido neste local não seja de qualidade – o que pode acarretar em diversos danos para o veículo. “’Borra’ no motor, travamentos dos bicos. Sem falar nos desgastes que vão ser ocasionados no motor”, esclarece.
Segundo o mecânico, o problema ocorre, porque o combustível pode ser adulterado com outros produtos, até mesmo com água. “Já aconteceu do condutor abastecer o veículo no posto, vir na oficina e, chegando aqui, apagar na porta. Nós colocamos o carro para dentro e ao analisar o que aconteceu, [vimos que] era álcool demais no combustível.”
Edney destaca que o consumidor pode acabar tendo muito mais prejuízo do que economia ao optar por abastecer em postos sem bandeira. “Ele acha que está fazendo um bom negócio colocando uma gasolina mais barata, mas acaba, mais pra frente, tendo um prejuízo maior. Mas o próprio consumidor está ciente disso. Ele sabe que abastecendo em um posto sem bandeira está correndo esse risco. Mas eles olham é preço, não a qualidade”, argumenta.
Em Divinópolis, os preços da gasolina em postos sem bandeira podem ser até R$ 0,12 mais barato do que a média. De acordo com o último levantamento de preços realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em Divinópolis, o valor médio do combustível encontrado no município foi de R$ 3,39, enquanto em um posto de combustível sem bandeira ele pode ser encontrado por R$ 3,27.

 

ETANOL
O percentual da mistura de etanol na gasolina vai passar de 25% para 27% a partir do próximo dia 16 de março. A mudança foi anunciada pelo Ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, na última quarta-feira, após um acordo entre Governo Federal, fabricantes de veículos e o setor sucroalcooleiro.
Segundo Edney, essa é também uma modificação que pode ocasionar problemas ao veículo. “Quando há muito álcool no combustível, o carro não consegue queimar [esse combustível] e começa a fazer alguns barulhos, o que chamamos de ‘grilar’”, finaliza.

 

Crédito: Lorena Silva

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.