segunda-feira, 16 de Maio de 2016 13:08h Prefeitura de Divinópolis

Prédio da antiga Prefeitura homenageia irmã da Congregação Servas de Maria

O prédio da Policlínica de Divinópolis, na Avenida Getúlio Vargas, 550, no Centro, (sede da antiga Prefeitura Municipal) agora tem o nome de Irmã Maria Eugênia Pacheco

O prédio da Policlínica de Divinópolis, na Avenida Getúlio Vargas, 550, no Centro, (sede da antiga Prefeitura Municipal) agora tem o nome de Irmã Maria Eugênia Pacheco, da ‘Congregação Servas de Maria, Ministra dos Enfermos’.  A solenidade de homenagem de reconhecimento ao trabalho da ordem religiosa em Divinópolis foi realizada no sábado (14/05). Desde 1987, quando chegaram ao Município, as irmãs se dedicam a acompanhar, de forma gratuita, pessoas enfermas nas casas e hospitais.

“Ao longo desses quase 30 anos, as irmãs tem praticado aquilo que Mateus nos ensina nos Sagrados Evangelhos, estava doente e me visitaste”, destacou o vice-prefeito Rodrigo Resende, durante solenidade de entronização do quadro de Irmã Maria Eugênia, na Policlínica.

 

 

 

“Ao longo de todo esse tempo, milhares de pessoas foram cuidadas por esses anjos, seja na ausência da família, seja como apoio aos parentes”, completou o vice-prefeito.

Em nome da instituição, a Madre Superiora da casa, Verônica Romero, agradeceu pelo reconhecimento ao trabalho por elas realizado. “Que todos os enfermos sejam acolhidos pelo imenso amor e carinho de nossa serva. E que Deus, que é misericordioso, derrame suas bênçãos a esta Policlínica e a todos que dela dependem”, disse.

 

 

 

A Ordem foi criada em 1851, na Espanha. No mundo, são 110 casas, espalhadas pelos cinco continentes. No Brasil, atua, além de Divinópolis, no Rio de Janeiro. A iniciativa do projeto que deu ao prédio da Policlínica o nome da religiosa é de autoria do vereador Adilson Quadros.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.