quarta-feira, 13 de Abril de 2016 16:09h Prefeitura de Divinópolis

Prefeito apresenta proposta salarial aos servidores

O Prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, e equipe técnica reuniram, na tarde desta terça-feira (12/04), com representantes dos servidores municipais, através de seus sindicatos

O Prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, e equipe técnica reuniram, na tarde desta terça-feira (12/04), com representantes dos servidores municipais, através de seus sindicatos, Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Divinópolis e Região Centro Oeste (Sintram) e Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Município de Divinópolis (Sintend). Na mesa de negociação foram colocadas as dificuldades financeiras e o contexto financeiro e conjuntural em que se encontra inserido o Município, de notória crise federalista marcada pela diminuição expressiva dos repasses constitucionais recebidos pela Administração Pública Municipal.


A equipe demonstrou a queda no Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em razão da política econômica, resultado de desonerações fiscais e do processo recessivo em que se encontra a economia nacional, fatores que afetaram sobremaneira o equilíbrio financeiro da esmagadora maioria dos Municípios Brasileiros, e inviabilizaram a recomposição integral, neste momento, das perdas inflacionárias.


Em ofício aos servidores, Vladimir Azevedo destacou: “em que pese a conjuntura, extremamente desfavorável no concerne ao decréscimo de receitas e crescimento de despesas, em hercúleo esforço, empreendido em razão do profundo respeito que nutrido pelos servidores municipais, vem a administração municipal apresentar a seguinte proposta”:

 

 



I - Recomposição salarial de 3,00% (três por cento) na base salarial sendo 1,5% (um e meio por cento) aplicado a partir do mês de abril/2016 e o restante a partir do mês de dezembro/2016.

II - Revisão do valor do vale-refeição, acima da inflação acumulada no período 2009  a 2015,  da seguinte forma:

a)      O vale-refeição será aumentado para R$ 10,00 a partir do mês de abril de 2.016;

b)      Aumento para R$ 12,00 (doze reais) a partir de dezembro de 2.016.

A Prefeitura espera que com esse esforço da Administração, os servidores que aderiram ao movimento de greve retornem às suas atividades normais. 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.