sexta-feira, 27 de Maio de 2016 12:21h Atualizado em 27 de Maio de 2016 às 13:11h. Prefeitura de Divinópolis

Prefeito recebe Medalha Candidés e destaca 20 anos de vida pública

O Prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, recebeu na noite da última quarta-feira (25/05) a maior honraria concedida pela Câmara de Vereadores

rata-se da Medalha Candidés 2016, título concedido desde 1979 pelos parlamentares divinopolitanos a pessoas e entidades que contribuíram com o município. O evento foi realizado no plenário Zózimo Ramos Couto.

Na opinião do prefeito, a comenda significa coroar as duas décadas de vida pública. “Significa coroar 20 anos de vida pública municipal com conduta limpa e baseada nos princípios éticos doando que tem de melhor da minha capacidade. Durante esses anos fomos amadurecendo neste processo e chequei a Prefeitura sendo o primeiro prefeito reeleito e ainda conduzindo o primeiro Centenário da cidade”, afirmou. Além de prefeito, Vladimir foi secretário Municipal de Administração e vereador por dois mandatos.

 

 

 

Vladimir Azevedo lembrou-se dos avanços da sua gestão e agradeceu aos vereadores pela homenagem. “Avançamos em muitos pontos, mas temos muito mais problemas que desafios, mas alcançamos um legado muito forte em todas as áreas. Avançamos e iremos ainda avançar nesta reta final de mandato. A Medalha Candidés, a maior comenda municipal, representa muito para reconhecer aqueles que participaram da construção da história de Divinópolis. Agradeço ao presidente da Câmara Rodrigo Kaboja e todos os vereadores pela indicação”, destacou.

O Título “Medalha Candidés” foi instituído no ano de 1979 pelo Vereador Adjames Andrade da Silva. É símbolo do envolvimento e dedicação às causas sociais e comunitárias. Recebem a honraria, pessoas  e entidades que tenham prestado relevantes serviços ou se destacado por exemplar atuação na vida pública ou privada.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.