segunda-feira, 29 de Junho de 2015 10:01h Atualizado em 29 de Junho de 2015 às 10:04h.

Prefeitura inicia pesquisa para reduzir acidentes de trânsito

Buscando atender ao propósito das Organizações das Nações Unidas (ONU) – redução de 50% no índice de acidentes em dez anos – e considerando o aumento da frota veicular no município e consequentemente o crescimento de atropelamentos e acidentes, a Prefeitura de Divinópolis, através da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans), em parceria com a Funedi-Uemg, desenvolve a pesquisa de campo para minimizar os acidentes na cidade.
O projeto é resposta da Prefeitura ao chamamento dos governos brasileiros e da sociedade civil pela ONU, que, na Assembleia Geral, em março de 2010, com base em estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS), estabeleceu a década 2011-2020 como a Década de Ação para Segurança Viária e convocou todos os países signatários – e o Brasil foi um deles – para o esforço mundial.
As atividades – que compreendem dez estagiários do Curso de Psicologia da Funedi-Uemg, dos quais dois trabalham em relatório, e oito, nas ruas de Divinópolis – iniciam-se com observação nas vias públicas para identificar fatores de segurança e imprudência de condutores e pedestres no trânsito e verificar se a ausência de penalização contribui para aumentar o número de acidentes de trânsito. Pretende-se também analisar os principais fatores de segurança e imprudência no trânsito de Divinópolis.
“Pretendemos verificar os pontos de maior número de acidentes que envolvem sejam pedestres, sejam condutores; os acidentes provocados por pressa; as infrações cometidas por condutores na região central, onde há maior concentração e trânsito de veículos; a imprudência no trânsito; se há penalização; se e por que condutores voltam a cometer infrações ou cometem várias infrações todos os dias”, disse a educadora de trânsito da Settrans, Consuelo dos Santos, descrevendo por que o projeto precisa observar fenômenos e coletar dados no trânsito de Divinópolis. A partir da investigação, que será efetuada até dezembro, “poderemos, por exemplo, realizar trabalho educativo nas empresas de maior fluxo de condutores.”
Após o período de observação e análise dos dados, os números relativos ao comportamento de condutores de automóveis, motociclistas e pedestres nas vias públicas de Divinópolis serão publicados. Com base nos dados levantados, projetos, campanhas e ações educativas efetivas serão planejados para reduzir acidentes e conscientizar a população.

Frota de veículos em Divinópolis
Automóveis em 2005 (43.324) – 2015 (83.880): aumento de 193,61%;
Motocicletas e similares em 2005 (10.903) – 2015 (31.354): aumento de 287,57%;
Frota total em 2005 (60.643) – 2015 (125.658): aumento de 207,21%;
Fonte: Denatran/Detran-MG.

Comparativo frota x população em fevereiro de 2015:
Brasil:
população: 204.155.607 habitantes;
frota: 87.364.144 veículos;
média: 2,34 habitantes/veículo;

Minas Gerais:
população: 20.843.916 habitantes;
frota: 9.499.165 veículos;
média: 2,19 habitantes/veículo;

Divinópolis:
população: 230.843 habitantes;
frota: 125.658 veículos;
média: 1,84 habitantes/veículo.

Índice de crescimento frota x população em 10 anos em Divinópolis:
crescimento da população: 12,98%;
crescimento da frota: 207,21%;
fonte: IBGE/Denatran/Detran-MG.

 

Crédito: Arquivo GO

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.