quarta-feira, 21 de Outubro de 2015 10:56h

Prefeitura reforça atendimento aos dependentes químicos

O Prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, acompanhado do vice, Rodrigo Resende, aderiu ao programa Cartão Aliança pela Vida e assinou um contrato de comodato com Associação Missão Maria de Nazaré, na manhã de hoje

O evento contou com a participação musical dos Corais da Casa Dia e do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas III (CAPS AD 24 horas), além da Banda de Música da Polícia Militar.

 

A proposta Cartão Aliança Pela Vida do Governo de Minas Gerais oferece a atenção ao usuário de álcool e drogas. De acordo com o termo de adesão, o projeto pretende financiar o tratamento, em caráter temporário, para o custeio de despesas da internação voluntária do usuário em entidade especializada e habilitada por um grupo gestor representado por membros da Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria do Estado de Defesa Social e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social.

 

“Cartão Aliança Pela Vida abre portas para receber internos e receber recursos, que são revertidos para a comunidade. Capacitação de profissionais, melhoria nas estruturas e o atendimento mais qualificado. Acreditamos no programa para oferecer um melhor atendimento aos internos”, afirmou o presidente da Casa Dia, Rui Faria Campos. A entidade atua a 14 anos na cidade e já atendeu 1,2 mil pessoas com algum tipo de dependência.

 

O prefeito de Divinópolis afirmou que a parceria com Estado é esforço para recuperar dependentes. “O Estado paga um leito para o dependente nas comunidades terapêuticas e resolve um grande problema de custeio que é o tratamento”, afirmou o prefeito.

 

Missão Maria de Nazaré

 

O Prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, também assinou o contrato de comodato com a presidente da Associação Missão Maria de Nazaré, Janaína Nunes Rios Morais.

De acordo com contrato, uma área construída de 520 metros quadrados foi destinada a entidade de forma não onerosa. O espaço da Prefeitura de Divinópolis tem cinco salas, um dormitório, duas salas de diretoria, quatro banheiros, uma copa duas salas de despejos e um corredor. Segundo o contrato, o espaço será utilizado como casa de acolhimento para atender adolescentes dependentes químicos.

O coordenador da Associação Maria de Nazaré, Eduardo Rivelli, disse que o espaço proporcionar mais conforto para os internos.

“Teremos mais qualidade no acolhimento com esse novo espaço. Os adolescentes ficarão bem instalados inclusive pelas questões sanitárias aprovadas pela Vigilância Sanitária”, afirmou Rivelly. A entidade atende somente adolescentes com dependência química. 500 jovens já passaram pela Missão Maria de Nazaré em oito anos de atuação.

 

O vice-prefeito destacou o empenho da Prefeitura de Divinópolis em melhorar as condições de estrutura da entidade.

“Melhorar as condições de atendimento faz parte do nosso projeto. Com esse nosso espaço, esperamos contribuir com a recuperação dos jovens que são futuro da nossa cidade”, afirmou Rodrigo Resende.

Em discurso, o prefeito de Divinópolis lembrou-se das ações na Praça Candidés. Vladimir destacou a revitalização da Praça Candidés no ano do Centenário. Também ressaltou a ação da Operação Fenix neste ano, realizada em conjunto com a Polícia Militar, Civil, Corpo de Bombeiro, Associação Comunitária para Assuntos de Segurança Pública (Acasp) e secretarias da Prefeitura, para retirar os dependentes do espaço.

“Com essa ação do poder público resgatamos pessoas e hoje podemos ocupar o espaço público como eventos como esse. Hoje temos voluntários sociais que preenche a praça com ações que são fundamentais para uma sociedade melhor”, afirmou Azevedo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.