quinta-feira, 23 de Abril de 2015 10:38h Atualizado em 23 de Abril de 2015 às 10:40h. Mariana Gonçalves

Prefeitura trata reivindicação como ato de vandalismo

O cruzamento das ruas Itapecerica com Espírito Santo recebeu uma pintura estratigráfica diferente. Um alerta de “PA?E” com a letra “R” invertida

O erro foi proposital, para chamar a atenção da Prefeitura por uma sinalização mais eficaz no local.
De acordo com moradores do entorno do cruzamento, que foram os responsáveis pela pintura no chão, têm sido constantes os acidentes nessa esquina. Eles afirmam que diversos pedidos já foram feitos para que a Prefeitura resolva o problema, mas o órgão alega que não tem verba para a intervenção.
Receosos de que alguma tragédia ocorra em breve, em razão de o cruzamento estar próximo a duas escolas, os moradores exigem que o município tome providências. Em um vídeo que está circulando pelas redes sociais, os responsáveis pela pintura deixam claro que estão cobrando apenas segurança.
Em nota, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Settrans) classificou o ato como vandalismo e disse que está tomando as medidas legais para identificar os autores. A Prefeitura afirmou ainda que já estava sendo providenciado o reparo do que chamou de “dano ao patrimônio público.”

 

MESMO PROBLEMA
O cruzamento das ruas Paraíba com Espírito Santo, no Centro de Divinópolis, há meses é motivo de descontentamento da população. Sem nenhuma sinalização, os moradores se viram na obrigação de agir por conta própria, instalando uma faixa que alerta aos motoristas para o tráfego no local. Também preocupados com a segurança, principalmente das crianças que circulam diariamente no lugar, eles exigem que algo seja feito.
A reportagem da Gazeta do Oeste falou sobre esse problema em fevereiro passado e, na ocasião, a Prefeitura disse que a Settrans já estava ciente da situação e que em uma semana apresentaria uma solução, o que não aconteceu. Novamente a reportagem solicitou o posicionamento da Prefeitura, que por meio de sua assessoria alegou que a Settrans, em conjunto com a Usina de Projetos, está elaborando um projeto para transformar a Rua Espírito Santo em via de mão única até a Avenida Paraná, no bairro São José.
Por isso, segundo a Prefeitura, não justificaria investir neste momento em sinalização estratigráfica nos cruzamentos das ruas Paraíba e Itapecerica com Espírito Santo. Entretanto, o Município não deu nenhum prazo para finalização do projeto e execução da mudança no trânsito.

 

Crédito: Mariana Gonçalves

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.