terça-feira, 21 de Julho de 2015 10:58h Atualizado em 21 de Julho de 2015 às 11:37h. Mariana Gonçalves

Programa Engenheiros sem Fronteiras é realizado na comunidade de Branquinhos

O programa Engenheiros sem Fronteiras (ESF), em parceira com a Secretária Municipal de Agronegócios, desenvolve o projeto “Comunidade Sustentável” na comunidade rural de Branquinhos

A proposta conta com aproximadamente 50 universitários e voluntários, empenhados na elaboração e execução de projetos de sustentabilidade voltados especificamente para a comunidade de Branquinhos –abastecimento de água, esgotamento sanitário, captação pluvial, sistema de aquecimento solar, recuperação de APP, horta agroecológica e educação ambiental. O objetivo é transformar a localidade em comunidade modelo para as demais de Divinópolis e do Centro-Oeste de Minas Gerais.

O secretário municipal de Agronegócios, Paulo Marius, ressalta que a iniciativa é inédita na região. “É um projeto piloto que vai trazer desenvolvimento e sustentabilidade para as comunidades rurais do município. Estamos satisfeitos de colaborar com um projeto que vai melhorar a vida das pessoas”, completa.

CONHEÇA

Os primeiros Engenheiros sem Fronteiras surgiram na França nos anos 80. A ideia se espalhou e, nos anos 90, surgiram na Espanha e Itália. No final dos 90, o Canadá também criou o seu grupo, que logo auxiliou na criação de um no Reino Unido.

O movimento cresceu e surgiu em vários outros países, como na Argentina, Alemanha, Suécia. Fazendo-se necessário a criação de uma rede unificadora. Surgiu então o EWB-International, uma organização com o intuito de estimular a troca de ideias entre as diversas instituições, conectar os profissionais para contribuir com a criação de uma nova geração de engenheiros, mais preocupada com as causas sociais e mais atuantes no cenário mundial.

Há, atualmente, mais de 60 grupos nos mais diversos países do mundo: Jordânia, Iraque, Gana, Burundi, Camboja, Uganda e até Serra Leoa, um dos países mais pobres do mundo. No Brasil, o grupo é recente, mas já atuante. Fruto da experiência de um estudante Brasileiro em Nova York. A administração dos ESF-Brasil localiza-se em Viçosa, Minas Gerais e os núcleos não param de surgir em todo território nacional. Atuamos com projetos diversos na área de engenharia, para levar estrutura, desenvolvimento e conhecimento onde ele é mais necessário e assim contribuímos para o desenvolvimento e crescimento da nossa nação.

O ESF Núcleo Divinópolis desenvolve projetos de sustentabilidade e abastecimento de água, esgotamento sanitário, captação pluvial, sistema de aquecimento solar, recuperação de APP, horta agroecológica, educação ambiental, entre outros, que visam o desenvolvimento sustentável regional auxiliando o atendimento de necessidades e capacitando a comunidade a fim de melhorar suas condições de vida.

 

Crédito: Divulgação

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.