quarta-feira, 5 de Agosto de 2015 11:15h

Projeto da Semusa será apresentado no Congresso do Conselho Nacional em Brasília

Uma experiência exitosa da Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa) será um dos projetos apresentados do XXXI Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems)

O evento será realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, de 6 a 8 de agosto.
A previsão é que este congresso reúna representantes da saúde dos mais de 5,5 mil participantes de municípios brasileiros. O XXXI Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde tem como tema, este ano, o Pacto Federativo – Perspectivas da Gestão Municipal.
O Conasems será um evento prestigiado na capital federal e terá a participação do Ministro da Saúde, Arthur Chioro, do representante da Organização Pan-americana de Saúde (Opas) no Brasil, Joaquim Molina e do Embaixador da Organização das Nações Unidas (ONU) pela eliminação da Hanseníase, Yohei Sasakawa.

Projeto
O projeto da Semusa integra o grupo dos dez projetos de Minas Gerais selecionados para serem apresentados neste evento e versa sobre a Implantação e Implementação do Complexo Regulador Descentralizado no prestador de serviço em Oncologia para Divinópolis Unacom/Hospital São João de Deus.
O processo de Descentralização do Complexo Regulador que vem sendo desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Diretoria de Regulação em Saúde, se constitui numa experiência exitosa cuja metodologia adotada possibilitou a otimização dos recursos de saúde disponíveis e uma assistência mais humanizada.
“A informatização proposta por este projeto permitiu maior controle deste serviço à medida que foi possível cadastrar os usuários dentro do sistema de informatização próprio da prefeitura, interligado com uma sala de regulação no próprio prestador que é a Unacom no Hospital São João de Deus e junto com as Unidades Básicas de Saúde. Desta maneira foi diminuído o tempo de acesso as consultas e também o controle do absenteísmo. Havendo, também, maior comunicação entre as instituições”, explica o gerente de regulação da Semusa, Amarildo Souza.
Como a sala de regulação está na Associação de Combate ao Câncer Centro Oeste Minas (Acccom), o paciente sai da consulta e faz os seus outros agendamentos. Neste processo, diminui para menos de uma semana o agendamento para este retorno que o paciente necessita para seu tratamento. “No diagnóstico e tratamento do câncer o tempo é um fator preponderante. Diminuindo o tempo de acesso a consulta e diminuindo tempo ao acesso aos exames de diagnóstico; contribuímos para uma melhor recuperação do paciente”, pontua Amarildo.

Modelo
Divinópolis é cidade pólo da Região Ampliada de Saúde Oeste, com população de 1.201.980 habitantes distribuída em 55 municípios.
Divinópolis é modelo para o Estado de Minas quando o assunto é investimento na área da saúde. Apenas no último ano foram investidos neste setor cerca de 30% do orçamento municipal.
O resultado de todo este esforço, entre outras tantas conquistas, é percebido na ampliação da Atenção Primária, construções de novas unidades de saúde e em ações estratégicas como a Implantação e Implementação do Complexo Regulador Descentralizado no prestador de serviço em Oncologia para Divinópolis Unacom/Hospital São João de Deus.
“Buscamos e incentivamos iniciativas criativas que tornem o sistema público de saúde mais eficiente. A Implantação e Implementação do Complexo Regulador Descentralizado é um bom exemplo disso. Tê-lo reconhecido no âmbito estadual e nacional é uma conquista que deve ser comemorada. Um importante sinal de que estamos realizando uma gestão na saúde que representa ganhos efetivos para a população”, ratifica o Secretário de Saúde, David Maia.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.