terça-feira, 13 de Outubro de 2015 09:57h Atualizado em 13 de Outubro de 2015 às 09:59h.

Projeto Engenheiros sem Fronteiras de Divinópolis é premiado no Rio Grande do Sul

A proposta conta com aproximadamente 70 universitários

A proposta conta com aproximadamente 70 universitários, voluntários e empenhados na elaboração e execução de projetos de sustentabilidade voltados especificamente para a comunidade como abastecimento de água, esgotamento sanitário, captação pluvial, sistema de aquecimento solar, recuperação de área de preservação permanente, horta agroecológica com objetivo de transformar a localidade em comunidade modelo para as demais comunidades de Divinópolis, do Centro-Oeste de Minas Gerais e Brasil.

 

A proposta em Branquinhos está em atividade há oito meses e conta com parceria, além da Universidade Estadual de Minas Gerais e Pitágoras, do Crea Júnior e Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ). Várias ações já foram realizadas e outras estão em andamento.

 

De acordo com o Secretário Municipal de Agronegócios, Paulo Marius, oito estudantes estiveram no congresso, cada um representando uma vertente do programa. “Foram centenas de projetos de todo Brasil que entraram na disputa e o ‘Comunidade Sustentável´ foi escolhido por ser pioneiro, não existe nem do governo federal e nem da iniciativa privada um projeto tão completo voltado para as comunidades rurais”, ressalta Paulo Marius.

 

Ainda segundo o secretário o objetivo é expandir para as 44 comunidades da cidade. “Estamos plantando a sementinha em Braquinhos, assim que colhermos alguns resultados vamos beneficiar outros locais. Temos vários presidentes de associações que manifestaram interesse”, completa.

 

O vice-prefeito, Rodrigo Resende, destacou o apoio ao produtor rural no município.

“Reformamos várias estradas, sinalizamos, fizemos poços, colaboramos com inúmeras reformas. Esse prêmio veio coroar o trabalho desenvolvido e dar mais força para continuar o projeto”, afirmou.

O prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, manifesta a satisfação em ver um projeto desenvolvido dentro de uma comunidade rural ganhar esse prêmio de destaque nacional. “Estamos felizes com esse reconhecimento, apostamos em um programa pioneiro, que tem como intuito melhorar a qualidade de vida do trabalhador rural e já colhemos o primeiro fruto. Tal prêmio só nos estimula a continuar trabalhando para fortalecer as comunidades e evitar o êxodo rural. Em 7 anos, a frente da prefeitura procuramos sempre facilitar a vida desse trabalhadores”, disse o prefeito.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.