terça-feira, 1 de Outubro de 2013 09:25h Atualizado em 1 de Outubro de 2013 às 10:02h. Mariana Gonçalves

Projeto “histórias de vida” chega à Divinópolis

O “Histórias de vida” será realizando em Divinópolis nos dias 04 e 05. O ponto de encontro será a Praça do Santuário, não há limite de idade e a entrada é franca. Toda a população está convida.

Em uma praça, várias pessoas reunidas contam suas histórias marcantes. Esse é o cenário do projeto “Histórias de vida” que será realizado em Divinópolis nos dias 04 e 05 deste mê. O ponto de encontro será a Praça do Santuário e não há limite de idade para o evento.
O projeto é uma iniciativa do Governo Federal e Algar Telecom. Conforme uma das produtoras do programa, Ariane Bocamino, a 2° temporada o evento já passou pelas cidades de Nova Ponte e Tapuirama (distrito de Uberlândia). As próximas regiões a receber o “Histórias de Vida” além da cidade do Divino são os municípios de  Ituiutaba, Frutal, e Prata.
Bocamino, conta que o desafio e também objetivo da equipe que capta os depoimentos é mostrar para as pessoas que suas histórias de vida, sejam elas alegres ou tristes, são importantes. “Todo mundo tem uma boa história para contar, um fato marcante, um conto de superação ou de ‘molecagem’ de criança. Nosso objetivo é mostrar esses fatos” diz.
Para criar um clima descontraído será feito um cenário, a intenção é que os participantes se sintam como em um filme e fiquem bem à vontade. “Percebemos na  primeira temporada que as pessoas ficaram um pouco receosas até porque ninguém está acostumado a falar da própria vida para desconhecidos, então nossa equipe buscará envolver a população para que seja feito um trabalho que tenha interação e qualidade” afirma a produtora Bocamino.
As histórias serão gravadas pela equipe e o material exibido pela TV Paranaíba afiliada da Rede Record.


HISTÓRICO

Conforme conta Ariane, o projeto “Histórias de Vida” foi idealizado em Uberlândia no ano de 2011 por Celso Machado. “A ideia foi criarmos um programa que mostrasse à comunidade histórias de pessoas das mais diferentes regiões. O programa tem o apoio da Algar e da Lei Estadual de Incentivo a Cultura” completa.
Fazem parte da equipe além da produtora Bocamino, Gabriel Pelizer, Taísa Machado,
Renato Peixoto, João Magalhães, Bruno César, Nara Sbreebow e o diretor Celso Machado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.