sábado, 16 de Agosto de 2014 07:23h Atualizado em 16 de Agosto de 2014 às 07:25h. Mariana Gonçalves

Projeto irá revitalizar trânsito nas passagens de nível da cidade

Em uma solenidade realizada ontem no auditório da sede da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans)

Em uma solenidade realizada ontem no auditório da sede da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans), o prefeito Vladimir Azevedo assinou a ordem de serviço para a execução do projeto que prevê a revitalização dos locais onde há passagens de nível, ou seja, locais onde existem além do trânsito de veículos e pedestres, a passagem do trem. O evento contou com a presença de representantes da empresa que administra a ferrovia, da Settrans, além dos vereadores José Wilson Periquito, Rodyson Kristnamurti e Edimar Máximo, e ainda lideranças comunitárias.
O projeto de revitalização foi desenvolvido pela equipe da Settrans, mas será custeado pela Ferrovia Centro Atlântico (FCA). Inicialmente as obras serão realizadas nas passagens de nível dos bairros Planalto (Rua Itambé) e São Roque (Rua Pernambuco), que atendem também outras regiões da cidade.
As obras serão feitas 100 metros antes e após cada passagem de nível. Nos dois locais serão construídos canteiros centrais (anterior e posterior à linha férrea), colocação de nova sinalização vertical, redutores de velocidade nas proximidades, eixos centrais com colocação de tachões, passeio e nova pintura estratigráfica. No bairro São Roque, que não possui cancela, será instalada, também, sinalização semafórica.
O relações institucionais da Ferrovia Centro Atlântica (FCA) e Valor da Logística Integrada (VLI),
André Elesbão, falou sobre a preocupação que a ferrovia mantem em relação à segurança da população divinopolitana. “Estas obras são muito importantes para a segurança da comunidade. Como existem várias interferências da ferrovia nas ruas da cidade, nos temos sempre que trabalhar em prol da segurança dos motoristas, para evitar acidentes. Além das melhorias que faremos nas passagens de nível em si, queremos promover mais campanhas de segurança na cidade e, com isso, conseguir realmente criar uma cultura de segurança nos motoristas e pedestres que cruzam as passagens de nível”, destacou.

 

 

 

 

 

 

ACIDENTES

O secretário de Trânsito e Transportes, Simonides Pereira Quadros, informou que o número de acidentes em passagens de nível não é grande, porém, o município trabalha de forma a evitar que eles aconteçam. “O último aconteceu há aproximadamente seis meses, na passagem de nível do bairro São Roque, e foi um dos motivos para realizarmos a obra naquele local. Será feito todo um trabalho de melhoria da sinalização, tanto horizontal quanto vertical. O canteiro central que vamos implantar nas duas passagens é uma garantia para o pedestre atravessar em dois tempos e haverá também calçadas, o que garantirá maior facilidade e segurança ao atravessar”, salientou.

 

 

 

 

 

 

PARCEIRIA

O gerente de manutenção ferroviária da FCA/VLI, Denílson Marques, disse que todo o trabalho deverá se iniciar na próxima segunda-feira. “Esse é um projeto que a VLI está realizando em parceria com a Prefeitura de Divinópolis, para melhorar as condições de segurança nas passagens de nível. Nessa parceria foram mapeadas duas passagens de nível, indicadas como piloto neste momento, as obras terão início na segunda-feira e deverão ser concluídas no mês de outubro”, acrescenta.
Marques destacou também, que esses dois primeiros trabalhos servirão como referência para que  sejam discutidos, junto à prefeitura, os próximos lugares a serem revitalizados.
Já o prefeito Azevedo salientou a ligação histórica entre a cidade de Divinópolis e a ferrovia. “Nós estamos em um processo intenso de urbanização de vários bairros em todas as regiões da cidade, mas Divinópolis é uma cidade ferroviária. Nós nascemos e nos desenvolvemos sempre nesta relação umbilical com a ferrovia, e isso traz muitas questões importantes. Divinópolis ainda tem a maior oficina ferroviária da América Latina, emprega mais de 1500 pessoas, mas tem uma relação cidade/ferrovia que também tem seus impactos. Discute-se em médio e longo prazo o projeto do contorno ferroviário, mas até então nós entendemos que temos que cada vez mais melhorar a segurança nas passagens de nível”, encerrou.

 

 

 

 

 

 

INDICAÇÃO

Conforme o vereador José Wilson Periquito, principalmente a revitalização da passagem de nível localizada no Planalto, já era uma reivindicação antiga da população e do parlamentar. Enquanto líder comunitário se empenhou para que melhorias fossem realizadas na região, atualmente como vereador conseguiu de forma mais efetiva que essas obras chegassem até a região.

 

 

 

Crédito: Mariana Gonçalves

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.