sexta-feira, 14 de Agosto de 2015 12:23h

Projeto Trilhos Culturais chega a Divinópolis

Espetáculo “Dos Trilhos ao Futuro” inclui participação de alunos da Escola Estadual Manoel Corrêa Filho

Com apoio da Prefeitura de Divinópolis, os atores do Projeto Trilhos Culturais, apresentam a montagem do espetáculo de teatro de rua: “Dos Trilhos ao Futuro”, na Praça da Catedral, em frente ao Museu de Divinópolis, neste domingo (16), às 10h.
A apresentação da peça pelos jovens multiplicadores de conhecimento, inclui a participação de alunos da Escola Estadual Manoel Corrêa Filho. Além do teatro, haverá malabares, e muita diversão gratuita. Essa será a terceira apresentação do espetáculo, que já passou por Betim e Belo Horizonte.
Financiado por meio a Lei Rouanet de Incentivo a Cultura, o Trilhos Culturais acaba de conseguir mais um patrocinador: a multinacional Caterpillar. Com o apoio, o projeto espera alçar novos voos e chegar ao maior número possível de cidades. A proposta do projeto é levar para as comunidades às margens das ferrovias, as boas praticas para uma convivênica amigável entre a comunidade diante da ferrovia. Além de proporcionar a motivação por uma vida melhor, com bons exemplos de transformação social, apresentado por seu pares, por meio de ações culturais, lúdicas e teatrais.
Apresentado pelos jovens multiplicadores em cada cidade visitada pelo projeto, que inclui municípios em Minas Gerais, Bahia, Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo, os espetáculos pretendem promover a elevação da autoestima por meio de histórias semelhantes, oferecendo acesso às artes por meio do incentivo e da participação da comunidade local. O objetivo do projeto é levar as ações culturais dos jovens multiplicadores para cada local visitado, de modo a promover o acesso às artes e incentivar a participação da comunidade local.
“Juntamente com a Valor da Logística Integrada (VLI), identificamos as comunidades mais críticas no entorno das linhas férreas, que apresentam índices de criminalidade, vandalismos, entre outros, e como a comunidade se apropria da linha férrea como ponto de fuga. A partir deste levantamento, nós vamos ao local e conversamos com ONG’s, associações de bairros, escolas, para identificar a verdadeira situação e traçar um plano de atuação” explica Leo Sousa, criador do projeto.
A entrada para os espetáculos é sempre gratuita. O Projeto Trilhos Culturais é criação do escritor, consultor e produtor cultural e socioambiental, Leo Sousa, em parceria com Adriano Borges, diretor artístico e Cláudia Cabral, educadora.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.