sexta-feira, 22 de Agosto de 2014 05:26h Atualizado em 22 de Agosto de 2014 às 05:34h. Jotha Lee

Receita intima mais de 300 donos de mansões flagrados por sonegação

Delegacia Regional prepara entrevista coletiva para detalhar resultados da Operação Grifo 2

A Delegacia Regional da Receita Federal em Divinópolis está preparando uma entrevista coletiva à imprensa para divulgar os dados finais da Operação Grifo 2, realizada no dia 9 de abril. Em Divinópolis, a operação durou dois dias e teve como objetivo procurar irregularidades na contribuição previdenciária de obras da construção civil.
Os principais alvos foram mansões e condomínios de luxo suspeitos de sonegação, com fraudes que vão desde a não declaração ao fisco, até informações de valores muito abaixo do preço real. Além de Divinópolis, a operação também atingiu os 81 municípios sob jurisdição da Delegacia Regional, incluindo os balneários de Furnas e Três Marias.
A operação foi consequência de meses de planejamento, seleção de contribuintes, cruzamento de informações do banco de dados do fisco com fontes em cartório de registro de imóveis, declarações patrimoniais, movimentação financeira e informações obtidas junto às prefeituras e dos bancos oficiais que trabalham com financiamentos de imóveis na região. Para atingir os alvos, foi utilizado o helicóptero da Divisão de Operações Aéreas da Receita Federal, que sobrevoou a região na busca das mansões e condomínios de luxo.
As imagens de mansões e condomínios coletadas pela aeronave foram comparadas aos dados obtidos pelo fisco junto às prefeituras municipais e cartórios de registro imobiliário. Foi feito um cruzamento de todas as informações obtidas, o que permitiu chegar aos sonegadores.

 

 

 

 

EXCLUSIVO
Na área de jurisdição da Delegacia da Receita Federal de Divinópolis inicialmente foram pré-selecionadas 90 grandes obras acabadas, porém, durante a operação foram detectadas cerca de 500 casas de luxo em situação irregular. Em entrevista exclusiva à Gazeta do Oeste, o delegado regional da Receita Federal, Marcos Paulo Pereira Milagres, adiantou os resultados já disponíveis obtidos pela Operação Grifo 2. Segundo ele, houve um volumoso número de obras irregulares na região e 300 proprietários de mansões já foram intimados nesta primeira fase.
De acordo com o delegado, uma segunda fase da Operação Grifo 2 ainda será encaminhada. Ele acrescentou que o resultado obtido só foi possível graças ao empenho do fisco e pelo aparato técnico utilizado. “Os cálculos se mostraram bem sofisticados, em função dos dados coletados pelo helicóptero, mas ainda devemos ter uma dificuldade maior no processamento dessas informações. Vamos fazer uma coletiva de imprensa para apresentar o balanço final”, afirmou.
Segundo Marcos, o grande volume de obras suspeitas de sonegação foi possível pela forma de condução da operação. “Tivemos os alvos de oportunidade, pois durante o sobrevoo o helicóptero localizou alvos que ainda não tínhamos detectado preliminarmente e, agora, estamos numa fase de processamento interno de todas essas informações”, acrescentou. Ele disse ainda que o volume de obras com prováveis fraudes junto ao fisco em Divinópolis e região é considerado muito alto. “Sem dúvida foi muito alto”, resumiu.
O delegado afirmou ainda que os contribuintes flagrados por sonegação na construção de mansões poderão se beneficiar do parcelamento dos débitos, que está sendo realizado pela Receita Federal, mas para isso deverão procurar o fisco até a próxima segunda-feira. Adiantou também que novas operações em busca de sonegadores na construção civil serão realizadas em Divinópolis e região. “Teremos outras fases dessa operação, pois ainda há contribuintes incluídos na mesma infração que ainda não foram localizados, motivo pelo qual novas ações serão efetuadas para atingir a totalidade dos infratores”, finalizou.

 

 

 

Crédito: Jotha Lee

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.