quinta-feira, 19 de Maio de 2011 16:31h Atualizado em 19 de Maio de 2011 às 17:20h. Comunicaç?o Social Câmara Municipal Divinópolis

Resumo de pronunciamentos do dia 19 de maio de 2011 na Câmara Municipal de Divinópolis

O Vereador Andersom Saleme (PR) se pronunciou sobre a importância da Luta Antimanicomial, movimento que pede um tratamento mais justo para os portadores de sofrimento mental. Andersom concorda com a proposta do movimento que é a de integração social destas pessoas, que com esta mobilização estão pedindo apenas o respeito à que tem direito, assim como tem, todos os cidadãos. Andersom Saleme falou também sobre a importância da população apoiar as campanhas de combate ao abuso sexual infantil e pediu que casos desta natureza sejam sempre denunciados. O parlamentar pediu também, que sejam denunciados os casos de violência contra a mulher e informou que recebeu material de auxílio no combate à crimes desta natureza, estando os mesmos disponíveis em seu gabinete. Outra preocupação abordada no pronunciamento de Andersom Saleme foi com a Proposta de terceirização do tratamento do esgoto no município. O vereador entende que ainda faltam esclarecimentos sobre o assunto e que a Câmara não pode ficar fora destas discussões.

O Vereador Geraldinho da Saúde (PR) abriu seu pronunciamento pedindo que seja debatida a proposta de terceirização do tratamento do esgoto do município. O vereador entende que decisão como esta que considera histórica, não pode ser tomada às pressas e citou a cidade de Santo Antônio do Monte como exemplo de cidade onde a negociação não foi bem feita e agora a população está prejudicada.  Geraldinho da Saúde registrou também o dia da Luta Antimanicomial, comemorado em 18 de maio e afirmou que a luta em defesa dos portadores de sofrimento mental será sempre uma das suas bandeiras políticas.  Geraldinho da Saúde também usou seu pronunciamento para reclamar da burocracia que toma conta da saúde pública fazendo com que os investimentos demorem a se concretizar provocando sobrecarga do sistema. O Vereador defende um maior enfoque na atenção primária, com a disponibilização de mais profissionais para atendimento da população.

O Vereador Beto Machado (PSDB) durante seu pronunciamento relatou a melhora na qualidade de vida da população que foi constatada após a criação das Academias de Ginástica ao Ar Livre. Beto tem boas expectativas de ampliação deste projeto. Em seguida, o Vereador confirmou para a próxima segunda-feira às 19h30 a primeira reunião da Frente Parlamentar em Defesa dos Músicos e Compositores. Na reunião será discutida a cobrança da taxa da Ordem dos Músicos para que o artista possa exercer seu trabalho, os repasses da ECAD, que são alvo de CPI no Senado e também a implementação da lei municipal que exige a presença de bandas de Divinópolis nos eventos realizados na cidade.  Beto Machado disse ainda que alguns músicos estão sendo ameaçados de terem cassada a permissão para trabalhar caso compareçam na reunião.  Finalizando, Beto Machado informou que a assinatura da Ordem de Serviço para construção da Alça da Trincheira da Rua Goiás será dada no próximo dia 30 de maio no Gabinete do Prefeito Vladimir Azevedo e que denunciou que os Correios de Divinópolis não cumpriram a promessa de instalar uma Caixa Comunitária no bairro Chácaras Beira-Rio.

O Vereador Edson Sousa (sem partido) informou que participou de Reunião com a presença de vereadores e técnicos da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte – SETTRANS para tratar do aumento no número de multas aplicadas no município, mas que não ficou satisfeito com os resultados. Na seqüência Edson Sousa voltou a falar sobre a proposta de terceirização do tratamento do esgoto do município, criticando a proposta da atual administração que pretende dar a concessão do serviço para a COPASA. O Vereador questiona o valor da indenização que está sendo oferecido ao município. Segundo Edson Sousa, no Governo anterior foi constatado que os ativos de esgoto do município teriam valor de R$77.0000.0000 (setenta e sete milhões de reais) e que atualmente estaria sendo oferecida uma indenização de R$27.0000.000 (vinte e sete milhões de reais). Edson criticou também o que considera uma superexposição do Prefeito Vladimir Azevedo em emissora de TV local e a retirada do Plano de Saneamento do Município que tramitava na Câmara de Vereadores. Ao término de seu pronunciamento, o Vereador Edson Sousa pediu a demissão do Diretor de Comunicação da Câmara, Flávio Ramos, afirmando que o mesmo não tem competência para ocupar o cargo.

A Vereadora Heloisa Cerri (PV) abriu seu pronunciamento informando os resultados da reunião da Comissão que busca soluções para os transtornos provocados pela Ferrovia Centro-Atlântica. A principal reclamação dos moradores é com relação ao barulho provocado pelas composições férreas durante a madrugada. Heloisa afirma que o problema foi exposto e que a empresa já busca uma solução para o mesmo. Heloisa Cerri utilizou seu pronunciamento também, para criticar as obras que a Prefeitura de Divinópolis executa na Rua Bom Sucesso. A parlamentar entende que o montante de recursos gastos é muito alto e que a obra não atenderá bem os moradores daquela região. Heloisa Cerri cobrou ainda a publicação da lista dos aprovados no concurso público para Agente de Saúde da Prefeitura de Divinópolis que foi prometida pelo Secretário Adjunto Gilmar dos Santos, na última segunda-feira, durante Reunião Especial.  Finalizando, a parlamentar informou que está aguardando que o Executivo responda os questionamentos feitos no plenário, sobre o tratamento do esgoto do município.

 

 

O Vereador Adair Otaviano (PMDB), anunciou que está apresentando Projeto de Lei, similar ao aprovado em Belo Horizonte, que obriga a instalação de detectores de metais nas entradas das escolas públicas do município.  Para justificar sua proposta o vereador apresentou em plenário um relatório com vários casos de violência escolar registrados em todo o país, alguns com desfecho trágico. Adair Otaviano pediu que seja feito um estudo para verificar o custo deste equipamento e sugeriu também que volte a ser discutida a possibilidade de ser feita a revista escolar como reforço de segurança. Outro pedido do parlamentar foi o de que seja implementada a lei de sua autoria que prevê políticas públicas para combate ao “bullying” no ambiente escolar, já que esta prática é um grande fator gerador de violência.

 

O Vereador Milton Donizeti (PRTB) pediu providências urgentes para que sejam sanados os problemas que atingem o poço artesiano da Comunidade de Quilombo que está prejudicando o abastecimento de água daquela região. Em seguida, Milton Donizeti pediu que os técnicos da Prefeitura compareçam na Câmara para explicar os pontos polêmicos da proposta de terceirização do tratamento de esgoto do município.

 

 

O Vereador Rodyson do Zé Milton (PSDB) informou que os problemas existentes no Poço Artesiano que atende a Comunidade de Quilombo já são de conhecimento da Prefeitura de Divinópolis e que a solução ainda não foi implementada porque tem esbarrado na burocracia do serviço público. Rodyson comentou também, da alegria dos moradores do bairro São Francisco, onde atendendo a uma reivindicação de sua autoria, a Prefeitura deu início as obras de saneamento básico.   Rodyson do Zé Milton confirmou ainda a realização da Cavalgada Cidade Amiga de Divinópolis que acontecerá no próximo domingo, com saída de Carmo do Cajuru a partir de 9 horas da manhã. Rodyson lembrou que a tradicional Cavalgada de aniversário da cidade também irá acontecer, mas requer inscrição prévia por parte dos cavaleiros que deverão comparecer no Parque da Ilha para garantir a sua participação. Finalizando, Rodyson do Zé Milton anunciou a vinda da Deputa Estadual Luzia Ferreira (PPS) a Divinópolis nesta sexta-feira quando a mesma deverá anunciar seu plano de ação para a região e irá acompanhar também a Audiência Pública promovida no plenário da Câmara, pela Assembléia Legislativa, para tratar do esporte regional.

 

O Vereador Roberto Bento (PT do B) utilizou seu pronunciamento para apresentar o Projeto de Lei se sua autoria que tramita na Câmara e que autoriza as Cooperativas de Reciclagem, Associações de Catadores e ONGs, instalarem containeres para coleta seletiva do lixo. A proposta determina que os containeres e o material para sua instalação e mão-de-obra, poderão ser doados por comerciantes, empresários, associações, cooperativas, ONGs e trabalhador liberal. Como incentivo, os doadores poderão fazer suas propagandas nos containeres. O Vereador acredita que a criação desta lei irá incentivar a ampliação da Coleta Seletiva de Lixo no Município, apontada pelo vereador como um dos caminhos para se garantir melhor qualidade de vida através da preservação do meio-ambiente.

 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.