sexta-feira, 23 de Outubro de 2015 09:20h Atualizado em 23 de Outubro de 2015 às 09:23h. Mariana Gonçalves

Rotary celebra o Dia Mundial de Combate à Poliomielite

Os mais de 35 mil clubes do Rotary espalhados pelo mundo a fora chamam a atenção da população, principalmente hoje, para um assunto sério, a poliomielite

O Rotary tem trabalhado há anos na luta para erradicar esse vírus no mundo.
Em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Poliomielite, os membros do Rotary Internacional realizam, pelo terceiro ano consecutivo, uma mobilização programada para ser transmitida ao vivo, às 18h30 (horário de Nova York), e às 23h30 (horário de Brasília). O evento irá fornecer informações atualizadas sobre o progresso alcançado na luta contra a paralisia infantil, terá a participação dos parceiros da Iniciativa Global de Erradicação da Pólio, embaixadores do Rotary e sobreviventes da doença.
Estiveram presentes na sede do Gazeta do Oeste, na manhã de ontem, membros dos três Rotary's localizados em Divinópolis, com intuito de falar sobre o trabalho de erradicação da poliomielite, entre outros assuntos.
O presidente da Casa Rotariana e membro do Rotary Clube Divinópolis, Marco Aurélio, destacou que faltam apenas três regiões no mundo onde ainda são registrados casos do problema. “No Brasil, não sabemos o porquê, mas as instituições governamentais ignoram todo o trabalho e dedicação que o Rotary tem feito em torno da erradicação da pólio. Nós só tivemos um momento em que um representante de uma instituição brasileira, que foi o ex-presidente, Fernando Henrique Cardoso, em 1998, veio a público declarar que a pólio no Brasil somente foi erradicada graças à verba da fundação rotária”, acrescenta Marco.
Conforme o portal www.endpolio.org/pt, a incidência da poliomielite caiu em 99%. No ano de 1988, tínhamos 125 países endêmicos e 71 países não endêmicos, hoje, os registros contabilizam 193 países não endêmicos.

 

PÓLIO PLUS

A campanha Pólio Plus foi lançada em 1985, desde então, o Rotary e seus parceiros ajudaram a reduzir o número de casos da doença de 350 mil por ano, para menos de 400 em 2014.
O membro do Rotary Divinópolis Leste, José Maria Ribeiro, contou que, dentro das ações da campanha Pólio Plus, cada Rotary realiza o seu trabalho para adquirir a vacina contra a pólio.
“Temos também uma ajuda internacional muito grande da fundação rotária Bill e Melinda Gates. Cada U$1 que colocamos para a fundação rotária, eles colocam U$2, então, se o Rotary arrecadar 100 milhões – eles colocam mais 200 milhões, para erradicação da pólio. O Rotary há muitos anos atrás, convidou o Bill Gates para ir na África dar a 'gotinha' salvadora para as pessoas, e ele então abraçou a causa”, completa José Maria.
O diretor do Rotary Clube Divinópolis, Cristiano Carvalho, convida a toda a população a conhecer e a fazer parte dos trabalhos de erradicação da pólio desenvolvidos pelo Rotay. “Juntos, com certeza, vamos eliminar o vírus da paralisia infantil. O Dr. Robert Scott, presidente da Comissão Internacional Pólio Plus do Rotary Internacional, destacou a seguinte frase: ‘estamos trabalhando para assegurar que o vírus da pólio seja encontrado apenas nos livros de história, e não em crianças’, e é isso que queremos”, encerra.

 

CONHEÇA

O primeiro clube de prestação de serviços foi fundado em 23 de fevereiro de 1905, quando o advogado Paul Harris reuniu-se com três amigos em um pequeno escritório no Centro de Chicago. A intenção era reavivar durante a virada do século o espírito de amizade conhecido em suas cidades natais, além dos amigos, mais pessoas foram convidadas a juntar-se ao grupo, na medida em que este tornou-se mais conhecido. Foi denominado "Rotary", já que o local onde os sócios se reuniam era rotativo (cada vez no escritório de um deles).
Inicialmente formado por razões de companheirismo, o primeiro Rotary Club rapidamente evoluiu, passando a aproveitar as habilidades e recursos dos sócios para prestar serviços à comunidade. No final de 1905, o Rotary Club de Chicago tinha 30 sócios.
Três anos depois, um segundo clube foi estabelecido em São Francisco, na Califórnia, EUA, no ano seguinte, três outros clubes foram estabelecidos na costa oeste dos Estados Unidos e um quarto em Nova Iorque. Em poucos anos, outros grupos inspiravam-se no exemplo do Rotary para formar seus próprios clubes.
A primeira convenção do Rotary foi realizada no Congress Hotel, em Chicago, durante o mês de agosto de 1910. A Associação Nacional de Rotary Clubs foi organizada nessa época com 16 clubes participantes. O fundador do Rotary, Paul Harris, foi eleito o primeiro presidente da Associação.
Hoje em dia, aproximadamente 1,2 milhões de homens e mulheres, em suas profissões, participam de mais de 29.000 clubes ao redor do mundo.

 

UNIÃO

O presidente do Rotary Divinópolis Oeste, Edson Sousa, falou sobre a atuação dos três clubes em Divinópolis. “Pertencemos ao Rotay internacional, de modo que somos três clubes, com uma harmonia muito grande para trabalhar políticas humanitárias. Temos orgulho de pertencer à única instituição não governamental que tem presença na Organização das Nações Unidas (ONU)”, completa.

 

 

Créditos: Mariana Gonçalves

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.