sexta-feira, 26 de Junho de 2015 10:36h Atualizado em 26 de Junho de 2015 às 10:39h. Pollyanna Martins

Rotary Divinópolis Oeste empossa hoje novo presidente

Edson Sousa é membro do clube há oito anos e ficará na presidência durante um ano

O Rotary Divinópolis Oeste vai empossar hoje o seu novo presidente. Em um sistema democrático, o membro do clube Edson Sousa foi eleito o novo presidente. O Rotary Divinópolis Oeste faz parte do Distrito 4560, e desenvolve na cidade vários trabalhos sociais. O lema do clube é “capacitar os rotarianos para que possam promover a boa vontade, paz e compreensão mundial por meio de apoio a iniciativas de melhoria da saúde, da educação e do combate à pobreza”. Em Divinópolis há ainda o Rotary Leste e o Rotary Divinópolis que fazem parte do mesmo distrito, e também vão empossar novos presidentes.
O novo presidente é membro do clube há oito anos e explica que cada Rotary tem sua identidade e seu modo de atuar. Segundo Edson, o novo planejamento rotário será apresentado na segunda reunião de julho. O presidente informou que irá intensificar a ajuda ao Centro da Mulher, que a Associação de Combate ao Câncer do Centro Oeste de Minas (Acccom) está construindo. “Nós devemos ficar muito atentos e ajudar o Centro da Mulher, principalmente porque muitas mulheres hoje não têm condições de fazer uma mamografia ou até mesmo o tratamento, e nós queremos ser parceiros da Acccom nesta construção”, adianta.
Eleito pela primeira vez como presidente do clube, Edson afirma que irá assumir a missão com muito orgulho. Ele informa ainda que dentro do planejamento rotário estão incluídas três ações macro para serem desenvolvidas. O novo presidente não quis revelar o conteúdo das ações, mas revelou que caso sejam executadas irão agregar à instituição. “Eu não quero revelar para não causar expectativa, mas caso a gente consiga desenvolver estas três ações vai fortalecer muito mais a instituição”, explica. 

 

CASA DA AMIZADE
Outra extensão do Rotary é a Casa da Amizade. Juntas as instituições tem cerca de 200 membros.  A Casa da Amizade geralmente é dirigida pela esposa do presidente do Rotary. No local, que é chamado também de “Casa das Senhoras Rotarianas”, as mulheres desenvolvem trabalhos sociais, como campanhas do agasalho e campanhas de alimentos para creches e asilos. “A minha esposa vai tomar posse como presidente da Casa da Amizade. O trabalho que elas desenvolvem lá, é um trabalho humano em favor da vida”, avalia.

 

Crédito: Pollyanna Martins

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.