sábado, 11 de Julho de 2015 06:19h

Rotas para o Futuro chega a Divinópolis

Sistema FIEMG incentiva a prevenção para garantir mais Segurança e Saúde no Trabalho

O Brasil registrou, em 2013, mais de 700 mil acidentes do trabalho. Em 1970 foi considerado o pior país em termos de segurança do trabalho; hoje, é o 4º no ranking mundial. Para tentar reverter esse quadro, o Sistema FIEMG coloca a força da indústria à disposição da sociedade. A prevenção para garantir mais Segurança e Saúde no Trabalho é o tema em pauta, em 2015, do Projeto Rotas para o Futuro, que percorrerá 16 cidades do Estado em sua primeira etapa. No dia 15 de julho, o projeto estará em Divinópolis, com uma palestra, gratuita, no auditório da entidade.

 

O projeto do Sistema FIEMG, que aborda temas voltados para o fortalecimento da indústria, chega à sua quinta edição. As palestras serão conduzidas pelo Advogado e Engenheiro Civil, especialista em segurança do trabalho, Marcelo Giordano Gários. Os debates são baseados em três pilares: o que é a segurança do trabalho no Brasil; questões trabalhistas e a justiça do trabalho, e como trabalhar a prevenção para um trabalho certo, embutido na segurança, qualidade e lucro.

 

Reconhecendo a importância da saúde e segurança no trabalho, a FIEMG Regional Centro-Oeste, por meio do SESI – Serviço Social da Indústria, oferece serviços e produtos que garantam um ambiente mais seguro ao trabalhador. Entre eles, o PPRA - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais, o PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional e realização de Consultas Ocupacionais. Em atuação na Regional desde agosto de 2014, o serviço conta com 33 empresas atendidas e quase 800 vidas.

 

O SESI oferece ainda o serviço de Levantamento Ambiental com o LTCAT – Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho, realização de exames complementares (audiometria, exames laboratoriais, Raio X, entre outros), PPA /PCA – Programa de Prevenção de Perdas Auditivas/Programa de Conservação Auditiva, Palestras e Curso de CIPA gratuitos e todos os demais programas exigidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Projeto percorre o Estado

O Chefe de Gabinete da Presidência do Sistema FIEMG, Antônio Marum, ressalta que o tema Segurança e Saúde no Trabalho foi levado a 24 cidades mineiras, em 2014, envolvendo cerca de 4 mil pessoas. “A proposta foi apresentar as normas, ações, tendências e inovações em segurança e saúde no trabalho”, disse, reforçando que, neste ano, o foco é a prevenção.

A Gerente de Promoção Humana da FIEMG, Júnia Bastos, destaca que a questão de segurança e saúde no trabalho é uma prática que vem sendo incentivada também internamente pelo Sistema. “Estamos trabalhando o clima organizacional com programas específicos, e cada Regional da Fiemg passou a contar com um técnico em segurança do trabalho”, disse.

Para o Presidente da FIEMG Regional Centro-Oeste, Afonso Gonzaga, investir na saúde e segurança do trabalhador é uma atitude que beneficia os colaboradores e empresários, que terão menos custos e maior produtividade nas indústrias. “A segurança no ambiente industrial é fator essencial para o fortalecimento de todo o setor e o aumento de sua competitividade”, defende.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.